A BR-230 e as promessas

0
COMPARTILHE

O que sobra em promessas, acredito que falta em vontade política. Eu me refiro à duplicação da BR-230, ligando Campina Grande a Cajazeiras. São quase 350 quilômetros que ajudariam no crescimento da economia da região e, principalmente, tornaria melhor a vida de quem precisa transitar a trabalho ou a passeio pela maior rodovia do Estado. E eu não estou nem me referindo ao número de acidentes registrados, que são inúmeros, com vítimas fatais – não estou tirando com isso, a culpa da imprudência de muitos motoristas.

Desde que eu entrei nessa área política, escuto governadores, senadores e deputados federais se utilizarem do tema como bandeira de campanha. Mas não passa de bandeira. Não é responsabilidade total do Governo estadual? Não, não é. O Governo Federal precisa ser cobrado. Mas, também não dá para ficar parado, à espera. A obra é cara, não tenho dúvidas, mas é necessária. Todos os ano, os parlamentares dizem que apresentaram emendas para a obra, mas nada avança.

Repito: falta vontade política, e de todos os lados. Não me venham com discursos de oposição ou situação porque quando querem se unir, se unem. Em fevereiro deste ano, o senador Raimundo Lira chegou a declarar que a duplicação já teria recursos garantidos – aproximadamente R$ 165 milhões – para o duplicação de um primeiro trecho, com 33 km, de Campina Grande até à Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo). A garantia teria sido dada, segundo o peemedebista, pelo Ministério dos Transportes. Já se passaram quase cinco meses…

Por trás dos tapumes

Antes de ser mostrada à população, o senador Cássio Cunha Lima e o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo, fizeram um longo passeio pela Lagoa do Parque Solon de Lucena. Certamente, não falaram apenas de jardinagem. Segundo a rádio peão, PSDB deve se unir ao PSD nas eleições deste ano, em João Pessoa.

Sonhando

Por falar nas eleições da Capital, o tucano Marcos Vinícius tem sonhado em compor a chapa de Cartaxo na vaga de vice. Quem deve definir essa indicação é a presidente do PSDB-JP, Lauremília Lucena.

E o Rodoshopping?

Quem passa pela BR-230, sentido Campina Grande/João Pessoa, a visão do Rodoshopping Paraíba abandonado, deve incomodar. #dinheirofora

Gestão da lagoa 1

Por falar em Lagoa, deve ser criada nos próximos dias a Gestão do Parque Solon de Lucena. A gestora seria Priscila Camboin. Acho pouco espaço para se gastar com criação de órgão, ainda mais em época de crise.

Gestão da lagoa 2

Nada contra, mas deveria ser criado um órgão então que gerisse não só a Lagoa, mas que incluisse as praças – acho até que já deve ter um.

Iniciativa

A Câmara de Patos aprovou projeto de autoria do vereador Fernando Jucá, em dois turnos, que garante atendimento prioritário a doadores de sangue em bancos, casas lotéricas, supermercados, hipermercados e demais estabelecimentos comerciais, além de órgãos públicos municipais.

Merecimento

O Pleno do TJPB indicou três juízes para compor a Turma Recursal da comarca de Campina Grande: Anna Carla Falção da Cunha Lima e Érica Tatiana Soares Amaral de Freitas.

Formando a base

Suplente de deputado estadual, Emano dos Santos, aproveitou os festejos juninos para tentar ampliar as bases. Estava com o pai, vereador João dos Santos, em Patos.

Namoro ou amizade

Segundo a rádio peão, uma das ‘musas’ do Congresso, a deputada Shéridan teria se encantado por Campina Grande e por um campinense em especial: Diogo Cunha Lima.

Em patos

Já Danielle Cunha, filha do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, se encantou por Patos. Esteve no São João, como convidada do deputado Hugo Motta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas