Abertas inscri??es para cursos de cria??o liter?ria, roteiro e reda??o criativa, em JP

0
COMPARTILHE

Estão abertas as inscrições para as oficinas de criação literária, roteiro e redação criativa que acontecem na Usina Cultural da Energisa. Os cursos são ministrados pelo publicitário e escritor curitibano Sandro Retondario e têm duração de cinco meses, com início em março. Os valores variam de acordo com o curso pretendido. Interessados podem tirar dúvidas pelo telefone (83) 9 9607-0000 ou pelo e-mail oficinadosandro@gmail.com.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

O sucesso da oficina de criação literária, que começou em 2014, incentivou a oferta de novos cursos. De acordo com Sandro Retondario, roteiro de cinema e redação criativa foram duas escolhas naturais. “Como publicitário, roteiro sempre fez parte do meu dia-a-dia e a minha paixão pelo cinema me impulsionou a aprender mais”, conta Sandro.

Em 2011, o publicitário foi a Santiago, no Chile, participar do primeiro workshop na América Latina de um dos maiores especialistas em roteiro de Hollywood, o professor Robert McKee. “Foi uma oportunidade incrível de aprender com McKee e de trocar experiências com roteiristas chilenos, argentinos e brasileiros”.

Já a oficina de redação criativa, de acordo com Sandro, surgiu de uma demanda dos próprios alunos inscritos na oficina de criação literária. “Percebi que os mais jovens priorizavam as habilidades de redação, então surgiu a ideia de fazer uma oficina especificamente para desenvolver essas habilidades, mas sempre tendo como gatilho a leitura de boa literatura, a discussão e produção de textos”.

Essa é a terceira edição da oficina literária, que tem por objetivo capacitar potenciais escritores paraibanos.Este ano, serão oferecidas duas oficinas: uma para escritores iniciantes, outra para os escritores que já publicaram livro ou participaram das edições anteriores da oficina.

Ao longo do curso, os alunos são apresentados a estratégias de narração, técnicas para a construção dos personagens, tempo narrativo, dentre outros recursos. “A ideia é não só estimular os participantes, mas também analisar e criticar textos de escritores consagrados, apontar as maneiras utilizadas para transmitir as ideias. Por baixo do texto há uma arquitetura sutil”, afirma Sandro Retondario.

Uma vantagem é o contato com outras pessoas com níveis de perícia na escrita variados, o que permite uma constante autocrítica, avaliação e melhoria. “Os participantes produzem textos literários semanalmente como exercícios. Os escritos são lidos em conjunto, e cada um pode tecer considerações, críticas construtivas. É uma maneira prática de aperfeiçoamento”, acredita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas