Agricultura familiar

7
0
COMPARTILHE

O deputado estadual Frei Anastácio (PT) espera que o desenvolvimento da agricultura familiar no Estado da Paraíba aconteça a partir do empréstimo de US$ 50 milhões que será feito pelo Governo do Estado, junto Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), com autorização da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Os recursos serão geridos pelo Projeto Cooperar e aplicados em iniciativas desenvolvidas na zona rural de todos os recantos da Paraíba. A autorização para o empréstimo foi votada e aprovada antes do recesso parlamentar.

O parlamentar petista disse que, até agora, não viu ações concretas do atual governo para incentivar a agricultura familiar no Estado. “Até a Secretaria de Agricultura Familiar que foi criada não mostrou nenhuma ação. É uma secretaria que precisa dizer a que veio. Espero que, com esses recursos, os agricultores familiares sejam alcançados”, declarou o deputado defensor da agricultura familiar.

Frei Anastácio foi o único deputado de oposição a votar a favor da autorização do empréstimo, que representa aproximadamente R$ 170 milhões. Por picuinha política, os demais deputados oposicionistas não votaram favoravelmente ao projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa pelo Governo do Estado da Paraíba.

“Eu votei porque sei da importância do Projeto Cooperar para a agricultura familiar. Além disso, meu voto foi em favor de benefício para o povo. Se tivesse votado contra, estaria sendo um opositor aos agricultores familiares que produzem mais de 70% dos alimentos que chegam á nossa mesa”, disse o deputado petista.

Frei Anastácio ressaltou ainda que irá fiscalizar e acompanhar a aplicação desses recursos. “Além de ficar atento sobre como esses recursos serão aplicados, estarei incentivando os agricultores familiares de leste a oeste do Estado a apresentarem projetos ao Cooperar em busca desse dinheiro para intensificar as políticas de desenvolvimento sustentável”, afirmou.

De acordo com Frei Anastácio, o Governo do Estado anunciou que serão mais de 47 mil famílias beneficiadas nos próximos seis anos. “Eu estarei, mais do que nunca, fiscalizando a chegada desse dinheiro até essas famílias. Através da assessoria econômica de nosso mandato, temos como saber onde e como esse dinheiro será aplicado”, garantiu. (Adelson Barbosa dos Santos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas