Alemanha e Brasil ampliam parceria em pol?ticas de sa?de

4
0
COMPARTILHE

Os ministros da saúde do Brasil, Arthur Chioro, e da Alemanha, Hermann Grohe, assinaram nesta quinta-feira (20) cartas de intenção para cooperação em áreas como biotecnologia, capacitação de profissionais e gestão de gastos públicos. O ministro alemão integra a comitiva da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, que faz visita oficial ao Brasil.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Está prevista ainda a cooperação em políticas de saúde para o envelhecimento e nutrição, na área de órteses e próteses e na regulação de medicamentos e dispositivos médicos. “É a continuidade de uma parceria que já existe, que é muito exitosa, e nós vamos aprofundar essa relação especificamente em alguns pontos”, disse o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Segundo Chioro, os dois países pretendem compartilhar também experiências na valorização do parto normal e no enfrentamento dos acidentes de trânsito, com ações de prevenção e de cuidado qualificado.

O ministro Arthur Chioro relatou que o problema da resistência aos antibióticos foi discutido na reunião entre os ministros e as equipes dos dois países. “É um tema que a OMS [Organização Mundial de Saúde] também tem elevado como uma preocupação em escala global. O Brasil compartilha dessa preocupação e vamos trocar experiências no sentido de estabelecer medidas que possam fortalecer nossa capacidade de inovar, produzir novos antibióticos, mas utilizar da maneira mais racional e segura os antibióticos hoje já disponíveis”, explicou.

Hermann Grohe destacou que Brasil e Alemanha já mantém ações de cooperação em várias áreas, entre elas, a saúde, e disse considerar que hoje foram lançadas bases sólidas para aprofundar a relação. “Cooperamos há muito tempo não só no combate ao HIV/Aids como também em benefício dos nossos pacientes, da nossa população, dos nossos povos, onde é necessário conjugar cooperação tecnológica com sustentabilidade financeira e excelência no atendimento”, declarou após a reunião no ministério da Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas