Ambulantes protestam no Centro de JP e Sedurb diz que precisa removê-los

16
0
COMPARTILHE

Um protesto dos vendedores ambulantes interrompeu o trânsito no Centro de João Pessoa na manhã desta segunda-feira (5), no cruzamento entre a Avenida Santo Elias e o Parque Solon de Lucena, no trecho que dá acesso ao terminal rodoviário da Capital. Até as 12h05 (local), ônibus e carros estavam parados. Às 13h (local), o ato já havia sido concluído e o trânsito estava liberado.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Cerca de 100 manifestantes atearam fogo em pneus na faixa de pedestres e gritaram a frase “queremos trabalhar”. Representantes dos ambulantes informaram que no sábado (2), agentes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) em João Pessoa apreenderam alguns carrinhos usados na venda dos produtos, que estavam guardados em um galpão no Mercado Central da Capital.

Os manifestantes falaram que na manhã desta segunda a Sedurb fez novas apreensões, o que gerou revolta. Homens da Guarda Municipal de João Pessoa e Polícia Militar acompanharam a mobilização.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana esteve orientando os motoristas e usuários de ônibus no Centro.

Em nota enviada às 12h59 (local), a Sedurb disse que está orientando os comerciantes deste segmento para que se regularizem, conforme orientações da Gerência de Vigilância Sanitária. De acordo com a Vigilância, os carrinhos ambulantes de verduras e frutas que circulam no Centro da cidade não apresentam as condições sanitárias necessárias para comercialização, expondo os alimentos a poeira, insetos e contaminação química.

Dessa forma, aqueles que não estão dentro das normas referidas pela Anvisa não poderão mais comercializar os alimentos nas ruas da Capital.

Leia
mais notícias em portalcorreio.com.br,
siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas