Anderson Silva se defende do doping e diz que tomou ‘viagra’ contaminado

5
0
COMPARTILHE

Após adiar algumas vezes sua justificativa sobre as acusações de doping na Comissão Atlética de Nevada (NAC), nos Estados Unidos, o lutador Anderson Silva vai se pronunciar na quinta-feira (13). Dois dias antes, no entanto, o site Combate divulgou alguns documentos contento a resposta que a defesa do ex-campeão do UFC enviou à entidade. Nela, o brasileiro nega o uso consciente das substâncias drostanolona e androsterona, mas confirma que consumiu remédios contra ansiedade, insônia e também viagra na véspera da luta.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

A defesa do Spider também afirma que as outras substâncias proibidas, encontratadas do exame antidoping do lutador são de complementeos que estavam contaminados, foram por conta do uso de remédios para “melhorar a performance sexual”.

Anderson Silva testou positivo para substâncias anabolizantes em janeiro deste ano, quando enfrentou o americano Nick Diaz, em Las Vegas, no UFC 183, em duelo que marcava o retorno do brasileiro ao octógono após um ano afastado após fraturar a perna na disputa de cinturão contra Chris Weidman.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas