Após 16 anos, Bernardinho deixa comando da seleção masculina de vôlei

8
0
COMPARTILHE

Depois de quase 16 anos à frente da seleção brasileira masculina de vôlei, o técnico Bernardo Rezende, o Bernardinho, deixou o cargo nesta quarta-feira (11). Seu substituto, apresentado oficialmente pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), é o ex-jogador da seleção Renan Dal Zotto, que fez parte da chamada “geração de prata” do voleibol brasileiro.


Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Segundo informou o diretor de seleção da CBV, Radamés Lattari, “Bernardinho agradeceu o convite para continuar como treinador, mas preferiu ter um tempo agora para se dedicar um pouco mais à família, às coisas dele, e ele vai continuar colaborando da melhor forma que julgar com o trabalho do Renan, que foi escolhido como novo treinador”.

Lattari assegurou que não haverá novas modificações nas seleções. José Roberto continua técnico da seleção feminina brasileira de vôlei e Renan assume a seleção masculina a partir desta quarta.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas