“Aprumado”

9
0
COMPARTILHE

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, como diria o matuto, “tá muito aprumado” com essa Câmara Municipal. O orçamento da cidade para 2017 está nas mãos de cinco quase ‘ex-vereadores’: Benilton Lucena (preside a Comissão de Orçamento), Fuba (preside a Comissão de Constituição e Justiça), Marmuthe Cavalcanti (é o relator da LOA), Renato Martins (é o líder da bancada de Oposição) e Marco Antônio (é o líder do Governo). Nenhum desses conseguiu se reeleger.

A Casa Napoleão Laureano entra em recesso na próxima terça-feira – em tese – e até agora nada de discussão, parecer, fumaça branca que indique a votação da Lei Orçamentária Anual do município. Cartaxo foi reeleito em primeiro turno, mas precisa de orçamento, elaborado por ele agora para gerir depois.

É certo que a disputa pela presidência da Mesa Diretora tem provocado uma dispersão, quase letargia, nos vereadores reeleitos, que tentam se chegar nos de primeiro mandato. Mas, não é possível que se trate um orçamento desse jeito. É banalização do prioritário em prol de algo que ainda tem um tempinho para se definir. O orçamento, não. É essencial para o andamento da administração e da cidade, consequentemente.

Eu espero que, ontem, em reunião com os vereadores, Cartaxo tenha chamado o feito à ordem nesse quesito. Porque do contrário, o orçamento pode passar “de bolo”, pode sofrer alterações imperceptíveis à primeira vista e, depois, não adianta chorar o leite derramado.

Autópsia em conta pública

Em março o Tribunal de Contas da Paraíba vai reunir os prefeitos para discutir questões apresentadas à imprensa sobre o grau de desempenho das 223 prefeituras paraibanas. “Os dados apresentados são o primeiro passo para que o Tribunal deixe de fazer autópsia em conta pública”, afirmou o conselheiro Fernando Catão.

Canto de…

João Corujinha levou “um canto de carroceria” do colega Tibério Limeira. É que João está na composição da Mesa Diretora do segundo biênio – o primeiro nem começou ainda – e pediu o apoio de Tibério.

…carroceria

“Já que você não vota em Marcos [Vinícius], me apoie. Tibério não perdeu tempo na resposta: “Mas, você está junto com um tucano”. Desista, João.

Emoção

Vereador de primeiro mandato, Léo Bezerra ficou tão emocionado na diplomação que quase levava o lápis do cerimonial do evento. Foi preciso correrem atrás dele. É que tinha gente para assinar ainda.

Dúvida

A saga de Manoel Júnior entre ser vice ou se deputado. Perguntado três vezes pelo repórter Ecliton Monteiro, se tomaria posse, respondia: “Estarei lá”.

Balanço das atividades

O governador Ricardo Coutinho concede entrevista coletiva à imprensa, na próxima terça-feira, às 9h, na Granja Santana, oportunidade em que fará um balanço das ações realizadas pelo Governo do Estado durante este ano de 2016. Logo depois, o socialista tira licença de oito dias. Três assumirão.

Em tempo

O governador Ricardo Coutinho perdeu o prazo de nomeação, não se sabe o porquê, e Madalena Abrantes foi empossada ontem defensora pública geral do Estado para o biênio 2017/2018. Ela foi a mais votada.

Sessões plenárias

O TCE, sob a presidência de Arthur Cunha Lima, realizou, este ano, 49 sessões plenárias, o que possibilitou o julgamento de 902 processos.

Fiscalização 1

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União divulgou, ontem, o resultado do 3º Ciclo do Programa de Fiscalização em 67 prefeituras de todo o País.

Fiscalização 2

No total, foram analisados R$ 1,5 bilhão dos transferidos pela União, em 2014 e 2015, para execução de políticas públicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas