Política

Assaltos aterrorizam vítimas em todas as áreas de JP; PM pede que seja feito B.O

5
0
COMPARTILHE

Uma onda de assaltos que atinge diversos bairros de João Pessoa vem sendo registradas desde o início deste mês, tirando o sono dos moradores da Capital. As ocorrências mais recentes foram registradas nos bairros Indústrias, Bancários, Cabo Branco, Centro, Cristo, Cuiá, Ernani Sátiro, Geisel e José Américo. Segundo a polícia, a falta de registro dos crimes dificulta o policiamento.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Zona Norte

Epitácio Pessoa

Uma das avenidas mais movimentadas de João Pessoa, a Epitácio também é alvo dos criminosos. Nessa sexta-feira (17), dois homens forma presos pela polícia após serem flagrados com um cano de metal.

O objeto era usado para simular uma espingarda durante crimes cometidos na madrugada. Após levantamentos, a polícia concluiu que os suspeitos são alvo de denúncias relacionadas a assaltos na Epitácio Pessoa.

Pedro Gondim

Imagens de um circuito interno de câmeras de segurança flagraram uma dupla de moto rendendo um grupo de jovens no Pedro Gondim, por volta das 19h dessa sexta-feira (17). O garupa desce da moto e rende pelo menos cinco amigos que andavam pela rua. Ele rouba celulares, rapidamente sobe na moto e foge.

Centro

Já no Centro da Capital, um homem foi preso na quarta-feira (15) suspeito de ser o responsável de diversos assaltos cometidos na área central de João Pessoa. Contra ele, a polícia conseguiu encontrar mandados de prisão em aberto.

Zona Sul

Cuiá

Um dos casos aconteceu na quarta-feira (15), no bairro do Cuiá, Zona Sul de João Pessoa, onde bandidos armados renderam frentistas e clientes de um posto de combustível, levando dinheiro e objetos pessoais.

Uma das vítimas do crime seria um padre, que teve cerca de R$ 100 devolvidos pelo bandido após ser reconhecido por ele.


Bairro das Indústrias

Também na Zona Sul da Capital, o Bairro das Indústrias é alvo dos bandidos. Na quinta-feira (16), pacientes que aguardavam a abertura da Unidade de Saúde da Família (USF) foram vítimas de um arrastão cometido por bandidos armados por volta das 6h30.


José Américo

Já no bairro do José Américo, também na Zona Sul, clientes e o dono de um mercadinho foram vítimas, na quarta-feira (15), de um homem armado, que roubou dinheiro e celulares das vítimas.


Ernani Sátiro

Também na Zona Sul, uma loja de sapatos foi invadida por um homem armado, que fingiu experimentar sandálias no local e anunciou o assalto após ficar sozinho com o proprietário do estabelecimento. O bandido conseguiu roubar R$ 70 e um par de sandálias.

Geisel

Em outro crime na Zona Sul, registrado na terça-feira (14), um homem armado tentou assaltar um policial civil que estava de folga. O policial reagiu ao crime e feriu o bandido a tiros. O homem morreu no local antes de receber atendimento médico.


Zona Leste

Cabo Branco

Nesta sexta, moradores de um apartamento no bairro Cabo Branco, Zona Leste de João Pessoa, foram feitos reféns durante a madrugada. As vítimas foram abordadas por um homem armado. O crime foi descoberto após o vigilante do prédio surpreender o bandido, que conseguiu correr e fugir.

Zona Oeste

Rangel

Já no bairro do Rangel, na Zona Oeste da Capital, a polícia realizou uma operação de combate ao tráfico de drogas e prendeu dois homens, além de apreender um menor de idade.

Com eles, a polícia encontrou três armas de fogo, drogas, dinheiro e uma espada. Os suspeitos são apontados como participantes de tentativas de homicídio na localidade.

Cristo

Em outro caso, desta vez no bairro do Cristo, na Zona Oeste, moradores reclamam que bandidos armados e pilotando motos estão abordando mulheres e agindo com violência contra elas.

Em um dos casos, uma mulher foi abordada quando chegava em casa e teve objetos pessoais roubados por um bandido armado.

Ainda no bairro do Cristo, moradores usam as redes sociais para relatarem assaltos e outros crimes.

Moradores relatam crimes no bairro do Cristo

Foto: Moradores relatam crimes no bairro do Cristo
Créditos: Reprodução/Instagram

Moradores relatam crimes no bairro do Cristo

Foto: Moradores relatam crimes no bairro do Cristo
Créditos: Reprodução/Instagram


PM explica policiamento

Em contato com o Portal Correio, a assessoria de comunicação da Polícia Militar afirmou que o planejamento do policiamento é feito com base nas estatísticas, que são geradas a partir da formalização dos crimes pelas vítimas nas delegacias, através do Boletim de Ocorrência.

“[Os assaltos] às vezes não chegam a ser registrados, então é importante orientar que as vítimas procurem fazer o registro para que haja uma ação mais intensa nos locais de incidência”, disse a PM, afirmando que o registro de crime é de fundamental importância para que o policiamento em um determinado local seja reforçado.

Ainda segundo a polícia, a maioria dos crimes tem como motivação a impunidade, questões relacionadas a problemas sociais e muita vezes para alimentar vícios dos bandidos.

“A Polícia Militar vem fazendo o policiamento ordinário, com o trabalho das rondas, abordagens e incursões em locais e horários definidos em um plano de ação, mas também trabalhando a aproximação com os moradores e entidades públicas, com ações sociais em escolas, centros de reabilitações e de prevenção ao uso de drogas, mas sempre cobrando dos órgãos responsáveis também uma ação para minimizar o problema da violência (iluminação pública, entre outros)”, argumentou a PM.

A assessoria da PM ainda afirmou que, nesta semana, ações de combate ao tráfico resultaram na apreensão de 50 quilos de drogas e na prisão ou apreensão de 23 suspeitos de crimes.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas