Associação de professores da UFPB repudia suposta apologia ao estupro durante trote

8
0
COMPARTILHE

A Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba – (ADUFPB-JP) – Seção Sindical do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN), expressou, nesta quarta-feira (20), repúdio aos fatos ocorridos no último dia 15 de julho, no Campus I da UFPB, em João Pessoa, durante trote de recepção aos calouros do Centro de Tecnologia da instituição, no qual estudantes de Engenharia teriam feito apologia ao estupro.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a ADUFPB, “a banalização da trágica realidade de violência praticada contra milhares de mulheres em todo o mundo, inclusive com relatos e denúncias de crime de estupro cometidos dentro dos Campi e nas imediações da UFPB, tem, lamentavelmente, ganhado força na atual conjuntura, pois o país vem assistindo senhores da República, vergonhosamente, incitando e – ainda pior – fazendo apologia ao crime de estupro”.

A associação diz que se soma às lutas de mulheres de todo o mundo, às organizações feministas e às entidades defensoras dos direitos humanos para repudiar fatos como os que ocorreram no interior da universidade.

“Não é possível ficar calado frente a crimes como este! A desvalorização da vida, expressa na crescente violação de direitos, associada ao aumento da onda conservadora e preconceituosa que assola o país, exige de todos aqueles, comprometidos com a democracia e com a defesa dos direitos, ações para responsabilizar os sujeitos que praticam crimes como estes, que nada mais são do que crimes contra a humanidade. Neste sentido, o sindicato das professoras e professores da UFPB torna público o repúdio a ações que corporifiquem o estímulo e a efetivação de uma cultura da violência, como é o caso dos fatos mencionados. É preciso que a comunidade acadêmica denuncie as violações de direitos que vêm ocorrendo dentro e fora da UFPB, assim como cobre das nossas instâncias institucionais que apurem os fatos e apliquem as penalidades previstas em nossos regulamentos”, disse a diretoria executiva da ADUFPB em nota oficial.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas