Associa??o ligada ao Teatro Municipal de CG ganha obras do artista pl?stico Alan Cruz

4
0
COMPARTILHE

O artista plástico Alan Cruz, que está com uma nova coleção intitulada “Partes de mim”, em comemoração aos seus 10 anos de carreira, com algumas de suas primeiras e principais obras, além de obras inéditas que retratam sua história e os diversos temas que abordou nestes anos de dedicação e entrega à arte Naif, fez uma doação de vinte obras de arte a Associação Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

Alan Cruz, natural de São Luís/MA, mas que se considera um campinense, já que mudou para Campina Grande/PB aos três anos de idade, conseguiu colocar seu nome como referência nas artes visuais quando em 2005 ganhou seu primeiro prêmio com o primeiro lugar no Festival Colegial de Artes no Teatro Municipal Severino Cabral de Campina Grande, que envolveu estudantes de diversas escolas do Estado da Paraíba.

No ano seguinte conseguiu repetir a colocação e a partir dai passou a representar a Paraíba em exposições e bienais pelo Brasil. Alan já expôs em grandes eventos como o São Paulo Fashion Week, sempre abordando temas polêmicos com cunho social e cultural, aguçando sempre a imaginação e a curiosidade do público amante da arte Naif.

O artista surpreendeu a crítica e a sociedade ao colocar em suas telas a linguagem braile, o que permitiu que deficientes visuais tivessem acesso ao conteúdo de seu trabalho, sendo o primeiro no mundo a realizar tal feito.

Hoje, o artista possui telas espalhadas pelo Brasil, França e Estados Unidos. Em Brasília tem telas em uma exposição permanente intitulada “Aquecimento Global”. Seu trabalho também pode ser visto na casa de artista renomados, a exemplo da cantora Ivete Sangalo.

Arte Naïf

A Arte Naïf é (ingênua, em francês) ou arte primitiva moderna é, em termos gerais, a arte que é produzida por artistas sem formação acadêmica e que assim quebram as regras. O termo Naïf presume a existência, por contraste, “não ingênua”, “consciente”, de executar uma obra artística que os artistas desta corrente executam em suas pinturas. Caracteriza-se, em termos gerais, pela simplicidade e pela ausência de elementos formais da arte tradicional ocidental, como a perspectiva, harmonia cromática, composição, desenho clássico com correção anatômica, ou mesmo referências tradicionais das pinturas de gênero. Uma arte ingênua, com traço da arte infantil e primitiva sem se confundir com elas. Também conhecida como Cubismo e Arte Moderna.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas