A?ude ganha ?gua e tr?s cidades da Para?ba t?m racionamento reduzido

12
0
COMPARTILHE

O manancial Lagoa de Matias, localizado no município de Bananeiras, a 141 quilômetros de João Pessoa, estava quase seco, mas aumentou o volume para 57% da capacidade e fez com que o racionamento em três cidades e mais três distritos fosse diminuído.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), os municípios de Belém, Caiçara e Logradouro e ainda os distritos de Rua Nova, Cachoeirinha e Braga, foram os beneficiados com o aumento da oferta hídrica do Lagoa de Matias proporcionado pelas mais recentes chuvas caídas na região.

O Lagoa de Matias tem capacidade para armazenar 1,2 milhão de metros cúbicos de água e, após as chuvas, passou a contar com 706 mil metros cúbicos a mais.

Com isso, a população que estava recebendo água durante cinco dias a cada 15 dias, passou a partir desta segunda-feira (6) a contar com águas nas segundas, terças, quartas e quintas-feiras.

Além da melhora hídrica proporcionada pelas chuvas, a Cagepa informou que, até o fim do ano que vem, a população desses três municípios poderão contar com abastecimento feito através de adutora que está sendo construída para levar água do manancial de Canafístula I, em Pirpirituba.

A adutora terá seis quilômetros de extensão, conforme a Cagepa. O açude Canafístula I já abastece as cidades de Pirpirituba, Sertãozinho, Duas Estradas, Serra da Raiz e Lagoa de Dentro. A capacidade do manancial é de 4,6 milhões de metros cúbicos, mas hoje ele está com cerca de 17% da capacidade.

Apesar dos municípios que ele abastece também estarem passando por racionamento, a adutora irá garantir alternativa de abastecimento, em caso de colapso nas três cidades abastecidas pelo manancial Lagoa de Matias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas