Autoescolas t?m at? mar?o para implantar monitoramento de frequ?ncia por biometria

12
0
COMPARTILHE

Os Centros de Formação de Condutores, ou autoescolas, da Paríba vão ter até o dia 30 de março como prazo limite para que possam implantar o sistema de monitoramento das aulas teóricas e a freqüência biométrica de reconhecimento facial dos alunos.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Com o sistema de biometria, os exames teóricos e práticos só serão marcados pelo Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) após a comprovação da frequência.

Será captada a impressão digital do aluno, no início e ao fim de cada aula, permitindo que o órgão controle a frequência e o cumprimento da carga horária exigida pelas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que é de 45 aulas teóricas para os candidatos à primeira carteira nacional de habilitação, antes da realização do exame de legislação.

As mediadas vão possibilitar que o Detran-PB melhore o controle com relação à presença do instrutor de trânsito, à frequência do aluno e ao cumprimento da carga horária dos cursos e exames, além de evitar fraudes.

Segundo o superintendente do Detran, Aristeu Chaves Sousa, a implantação do sistema de biometria nos Centros de Formação de Condutores é uma ferramenta importante no controle da qualidade da formação dos motoristas paraibanos. “Estamos prezando pela segurança e padronização na formação dos condutores. Com o sistema de monitoramento, saberemos que o aluno não só vai entrar na sala de aula, mas que assistirá a todas as aulas”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas