Bancários rejeitam proposta e greve segue sem previsão de novas negociações

9
0
COMPARTILHE

Os bancários decidiram, na noite desta quarta-feira (28), rejeitar a proposta de aumento apresentada pelos bancos e manter a greve por tempo indeterminado sem previsão de novas negociações.


Leia mais Notícias no Portal Correio

A decisão foi comunicada ao Portal Correio pelo presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Marcelo Alves.

De acordo com Marcelo Alves, os bancos apresentaram uma proposta de reajuste válida para este ano e para 2017. Nela, os bancários teriam reajuste de 7% mais abono de R$ 3,5 mil para este ano e reposição da inflação mais 0,5% de aumento real, com vales e auxílios corrigidos pelos respectivos índices, para 2017.

“Avaliamos que a proposta continua rebaixada e que não repõem sequer a inflação deste ano. Por isso, rejeitamos a proposta na mesa de negociações, não vamos nem levar o que foi discutido aos sindicatos dos estados e não temos previsão de realização de uma nova rodada para discutir o reajuste”, afirmou Marcelo Alves.

Ainda segundo o presidente do sindicato, nesta segunda-feira (3), vai ser realizada uma assembleia com os bancários da Paraíba para discutir a organização do movimento.


Bancários querem 14,57% de reajuste

Os bancários reivindicam reposição da inflação de 9,57% e mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24), participação nos lucros, combate à meta abusiva, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização, segurança e melhores condições de trabalho.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas