Banda paraibana Four Axis lança EP ‘Possibilities’ e fará show dia 28 em JP

52
0
COMPARTILHE

A banda de rock paraibana Four Axis lançou no domingo (15) o primeiro EP do quarteto, intitulado “Possibilities”. O disco foi produzido de forma independente pela própria banda e gravado em outubro de 2016 no estúdio Mardito Discos, em João Pessoa. A versão digital do EP está disponível em todas as plataformas de streaming de áudio, como Spotify, iTunes, Deezer, Soundcloud, Google Play, entre outras. O disco também está sendo vendido em formato físico.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

De acordo com o vocalista e compositor Henrique Ernesto, o show de lançamento do EP acontece no próximo dia 28, às 22h (horário local), no Buddyrock Pub, na Praça Anthenor Navarro, Centro Histórico de João Pessoa. As entradas custam R$ 10 e o público também pode comprar, no local, a versão física do disco, ao valor de R$ 5. “Além das músicas do Possibilities, também iremos tocar outras composições nossas e algumas músicas de artistas que temos como referência”, explica o músico.

Composto de quatro músicas, o EP visa mostrar as quatro faces da banda, com composições de estilos variados. “São quatro integrantes, cada um com um repertório diferente de gostos e estilo. Essa mistura das referências de cada um acaba por criar um som completamente novo e diferente, e é justamente este som que mostramos no nosso disco”, diz o guitarrista Ayrton Ramos.

A faixa que abre o EP, “Waterfall”, representa a passagem rápida da vida, como as águas de uma cachoeira. “A chegada da velhice, as inseguranças, tudo isso chega muito rápido e invariavelmente chega a umfim, como a queda de uma cachoeira. Mas durante essa passagem, as pessoas podem ter a ajuda de outras, o que faz com que a vida não seja algo sem sentido”, explica o compositor Henrique.

As inspirações para as letras também passam por experiências pessoais, como na faixa “Let Me Try”. “Eu passei por uma fase difícil na vida e me sentia desacreditado, achando que não ia passar daquela fase. Tudo o que eu queria era melhorar, tentar ser alguém melhor e fazer o melhor. A música mostra justamente isso”, comenta.

O disco também fala sobre relacionamentos, como é o caso das faixas “You Fool My Mind”, que é inspirada por uma relação que não deu certo, e “My Golden Queen”, canção de amor escrita para a namorada do compositor e que fala sobre os sentimentos que ele tem por ela. “Nossa música retrata muito da nossa vida, do nosso íntimo, do que pensamos. Traduzimos tudo isso em forma de letras e melodias”, completa Henrique.

A arte de capa do disco foi criada pelo ilustrador e tatuador Fabrício Lima. De acordo com o artista campinense, o trabalho sintetiza o conceito por trás do EP, em um desenho no traço neo traditional, área da tatuagem em que o artista se especializa. “Este estilo é uma fusão dos desenhos típicos do old school com as cores limitadas, sombreados leves, volume e profundidade do new school, o que faz com que o trabalho tenha um ar mais realista”, aponta.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas