Banda paraibana Open The Doors faz show na Estação Cabo Branco, em JP

6
0
COMPARTILHE

A banda que vai animar e fechar as atividades do mês de aniversário da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes é o rock psicodélico da banda Open The Doors. O show acontece neste sábado (30), a partir das 17h, no anfiteatro. A entrada é aberta ao público de todas as idades.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

Nesta apresentação da Estação, eles irão resgatar os maiores hits de um dos discos mais vendidos da banda que é o “The very best of the doors”. Constam ainda, no set list, as composições: Break On Through; Light My Fire; Love Me Two Times; Hello, I Love You; People Are Strange; Strange Days, Riders On The Storm; La Woman; Touche Me; Roadhouse Blues; Love Street, The Crystak Ship; Soul Kitchen; Love Her Medley; Back Door Man; Alabama Song; Moolinght Drive; The Unknow Soldier e The End.

O grupo é formado por Dostoievsky Andrade (vocal), Gil de Macedo (teclado), Igor Zaidan (baixo), Carlito Júnior (guitarra) e Toni Ramalho (bateria). “Nossa banda reverencia a banda The Doors de forma especial, tendo a missão de resgatar o grupo e suas canções, assim como se apresentar para as novas gerações”, afirmou o vocalista Dostoievsky Andrade.

A banda paraibana surgiu em 2013 com a proposta de tocar músicas da californiana The Doors, grupo de rock psicodélico com influências no blues, country e folk. A sua história é marcada por shows na cidade de João Pessoa e Campina Grande, sempre celebrada pela cena roqueira destas cidades. Eles já se apresentaram na Republik, Poggo, Vila do Porto, Extensão Vitrola, Casarão 39 e Café Usina Energisa.

Já a The Doors original surgiu em 1965 pelas mãos do mítico Jim Morrison, que protagonizou performances indescritíveis ao vivo e foi considerado um grande letrista com músicas poéticas, melancólicas e transgressoras, indispensáveis para a época de grandes transformações no âmbito cultural mundial.

A banda californiana era formada por Ray Manzerek, Robby Krieger e John Densmore, divisor de águas que redefiniu um estilo próprio de músicas e canções inesquecíveis como Light My Fire, People Are Strange, Break on Through, Riders on the Storm. A banda se dissolveu em 1971 com a morte precoce de Jim Morrison, aos 27 anos, por overdose de drogas. O legado deixado pela banda transformou toda a história do rock e da música internacional.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas