Bebedeira entre amigos termina com discuss?o e morte, na PB; dois foram presos

11
0
COMPARTILHE

Dois homens foram presos, na manhã deste domingo (8), suspeitos de participação na morte de um rapaz, no bairro do Quarenta, em Campina Grande. O crime aconteceu na madrugada do sábado (7), quando vítima e suspeitos, que eram amigos, estavam bebendo juntos. O rapaz foi morto a pauladas na cabeça e o corpo só foi encontrado na manhã deste domingo (8), dentro de uma casa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com a delegada Tatiana Barros, da Delegacia de Homicídios em Campina Grande, na noite da sexta-feira (6), os três homens estavam consumindo drogas dentro da casa de um deles, quando resolveram sair para comprar cachaça e acabaram encontrando com uma menina menor de idade, que foi convidada para se juntar ao grupo.

“Eles usaram drogas, saíram para comprar cachaça e encontraram com essa adolescente. O grupo voltou para a residência e consumiu a bebida e mais drogas. Em um determinado momento, houve uma discussão entre o dono da casa e um dos rapazes, por ciúmes da menina. Houve agressões entre os dois e o terceiro rapaz pegou um pedaço de madeira e bateu na cabeça da vítima. Não satisfeitos, tanto o dono da casa como esse terceiro rapaz desferiram mais golpes na cabeça e no tórax da vítima, que morreu no local”, disse a delegada.

Após o crime, a menina e os suspeitos fecharam a casa e fugiram. Na manhã deste domingo, o pai de um dos suspeitos estranhou a casa do filho estar fechada e resolveu forçar a fechadura, entrando na casa e encontrando o corpo.

Ainda segundo a delegada, o pai do suspeito acionou a polícia, que, após investigações, conseguiu localizar os dois suspeitos e prendê-los.

A adolescente também foi identificada e prestou depoimento, onde afirmou que sofreu ameaças de morte caso contasse o crime para alguém.

Presos, os suspeitos confessaram o crime e foram encaminhados para a Penitenciaria Máxima em Campina Grande.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas