Botafogo-PB e CSP se enfrentaram no Almeidão (Foto: Iago Sarinho/Voz da Torcida)

Belo passa sufoco e só arranca empate nos acréscimos

Times se enfrentaram na tarde deste domingo, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, em jogo válido pela sétima rodada do Paraibano

451
0
COMPARTILHE

O Botafogo-PB sofreu, mas conseguiu manter sua invencibilidade na temporada 2018. O alvinegro recebeu o CSP neste domingo (11), no Estádio Almeidão, em João Pessoa, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Paraibano. O Belo abriu o placar com apenas dois minutos de jogo, mas acabou sofrendo a virada. O empate só aconteceu nos acréscimos do segundo tempo, com placar em 3 a 3.

Botafogo-PB e CSP voltam a jogar pelo Campeonato Paraibano no próximo domingo (18). O Belo vai ao Estádio Amigão, em Campina Grande, para desafiar o Treze; enquanto o CSP pega o Campinense, no Almeidão.

O jogo

Até então invicto, o Botafogo-PB entrou em campo empolgado e, na primeira armação, abriu o placar, com apenas dois minutos de jogo. O feito foi de Nando, que recebeu passe de Carlos Renato e fez a bola sacudir as redes do gol.

Mas o CSP respondeu bem. Aos 12 minutos, o meia Leandro deixou tudo igual no Almeidão. Ele dominou a bola pelo lado direito do campo, percebeu o goleiro Edson adiantado e chutou forte. A bola encobriu o defensor do Botafogo, que não pôde evitar o empate. Aos 29, Hélio Paraíba aproveitou bola desviada para dentro da área e marcou o segundo do CSP.

Aos 34 minutos, Nando teve uma bela oportunidade de igualar o placar, mas acabou perdendo o gol, mesmo estando em posição privilegiada, cara a cara com ele. O CSP continuou empenhado e marcou o terceiro dois minutos após o chance desperdiçada pelo time adversário. Henrique foi o responsável pela ampliação da vantagem do Tigre.

Nos acréscimos do primeiro tempo, aos 47, Nando se redimiu pelo gol desperdiçado. Carlos Renato lançou para Marcos Aurelio, que, na área, tocou para Nando, que finalizou de cabeça e marcou o segundo do Belo.

Nos primeiros minutos da segunda etapa da partida, o Botafogo-PB tentou colocar pressão para cima do CSP e criou algumas jogadas interessantes, mas o CSP suportou bem essas investidas. O rendimento do Belo caiu e parecia impossível uma reação do time. O jogo só mudou para os mandantes nos acréscimos. Aos 46 minutos, Nando cabeceou após receber de Marco Aurélio e deixou tudo igual novamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas