Bolsas do Brasil e do mundo enfrentam forte queda; acompanhe

5
0
COMPARTILHE

A Bovespa operou em queda acentuada nesta segunda-feira (21). Pela manhã, o Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, chegou a registrar queda de 6,5%. Por volta das 11h20, a bolsa reduzia o ritmo de desvalorização: recuou 3,51%, a 44.115,63 pontos.

Leia mais Notícias no Portal Correio

As bolsas em Nova Iorque estão também em queda, seguindo as perdas das bolsas asiáticas. A Nasdaq teve declínio 8,8%, hoje, às 12h. Pela manhã, o índice Dow Jones Industrial caiu 3,68%. Já o índice Standard & Poor’s recuou 4,81%.

A bolsa de Xangai, na China, registrou nesta segunda-feira (24) perdas superiores a 8%, aproximadamente meia hora depois da abertura da sessão, tendência seguida nas praças de Hong Kong e de Tóquio.

A bolsa de Hong Kong, território autônomo que pertence à China, encerrou a sessão de hoje em baixa de 5,17%, a segunda maior queda do ano, arrastada pelas perdas na praça financeira de Xangai.

A bolsa de Shenzhen, segunda praça financeira da China, também teve queda de 7,17%.

Em Tóquio, Japão, depois de ter aberto em queda de 1,81%, o Nikkei teve baixa de 3,21% no meio da sessão de hoje.

O índice de referência da antiga de Hong Kong, o Hang Seng, recuou hoje 1.158,05 pontos (5,17%). Foi a segunda maior queda do índice no ano.

A desaceleração das bolsas asiáticas continua consolidando a tendência de descida do preço do petróleo que, esta manhã, chegou a US$ 44,28 no mercado de Londres, próximo do mínimo registado em março de 2009.

Mais cedo, o dólar no Brasil chegou a subir mais de 2%: chegou a R$ 3,57. Depois, reduziu o ritmo de avanço. Por volta das 11h30, o dólar subia 1,2%, a R$ 3,538 na venda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas