Botafogo-PB quer Série C só de pontos corridos e diz que tabela beneficiou Remo e Fortaleza

0
COMPARTILHE

O Botafogo-PB já tem alguns pontos para discutir quando houver a primeira reunião para discutir a Série C do Campeonato Brasileiro de 2018. A principal pauta do Belo está definida: vai lutar por uma competição sem grupos e nos mesmos moldes das séries A e B.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Além disso, o clube entende que a competição precisa proporcionar recursos para os clubes participantes, seguindo o mesmo exemplo das séries de elite do futebol nacional. Atualmente o torneio é televisionado, mas o valor pago para a compra destes direitos serve para cobrir os custos do campeonato, segundo a Confederação Brasileira de Futebol. Segundo o novo diretor executivo de futebol do clube, Francisco Sales, está na hora da competição ser rentável.

“Muitos clubes preferem que a fórmula seja igual à das séries A e B. A gente vai lutar por isso na CBF. Ela diz que é inviável, que não tem recursos financeiros para fazer a competição dessa forma. Inclusive, os clubes da Série C não recebem cota de transmissão, como tem na Série B, na Copa do Nordeste. Mas já está na hora dos clubes receberem dinheiro por estarem na Série C”, analisou.

Outra pauta que o Botafogo-PB pretende colocar na mesa da discussão sobre a terceira divisão nacional é em relação à tabela de jogos. Segundo Sales, o Remo e o Fortaleza (que subiu para a Série B e, portanto, não jogará a Série C em 2018) foram beneficiados neste ano, na construção da tabela.

“Eu fiz um estudo na tabela deste ano e a gente pode perceber claramente que Remo e Fortaleza são beneficiados, enquanto todos os outros clubes do grupo não são. Os dois times sempre alternam os jogos: um em casa, outro fora. Enquanto as outras equipes precisam, em certos momentos, jogar duas partidas fora. Por que é assim? Por que o tratamento com Remo e Fortaleza é diferente?”, questionou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas