Cancelas manuais são instaladas um ano após acidente de trem

44
COMPARTILHE

Começaram a funcionar nesta sexta-feira (31) as duas cancelas de bloqueio de trânsito de veículos no local onde ocorreu o acidente entre um ônibus e um trem da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). A ocorrência deixou cinco mortos e dez feridos no dia 29 de fevereiro de 2016, no distrito de Várzea Nova, em Santa Rita, município da Grande João Pessoa.

As cancelas são manuais e precisam que dois funcionários por turno estejam trabalhando no local para ser acionada. Questionado pelo Portal Correio sobre o motivo para a prefeitura ter optado por cancelas manuais em vez de cancelas automáticas, o secretário de Trânsito e Transportes de Santa Rita, Marinaldo Santos, afirmou que o equipamento já estava comprado.

“Quando assumimos, o equipamento já havia sido adquirido pela gestão anterior e optamos por não gastar mais recursos, já que a compra de uma cancela automática é dez vezes mais cara do que de uma cancela manual”, contou o secretário.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas