Cerca de 11 mil devem ser imunizados contra Hansen?ase e Geohelment?ase em JP

3
0
COMPARTILHE

A Prefeitura Municipal e João Pessoa (PMJP) começou a imunizar os estudantes de cinco até 14 anos da Rede Municipal de Ensino pela Campanha Nacional da Hanseníase e Geohelmentíase. A ação, realizada por meio das secretarias de Saúde (SMS) e Educação (Sedec) tem o objetivo de tratar verminoses e prevenir casos suspeitos das duas doenças.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Neste terceiro ano da campanha deverão ser tratados aproximadamente 11 mil alunos matriculados em 22 escolas municipais e nove Centros de Referência em Educação Infantil (Creis) da Capital. A ação intensificada segue até esta sexta-feira (14), mas as escolas podem continuar as atividades inerentes à campanha ao longo do mês de agosto.

As equipes de Saúde da Família estão visitando as instituições de ensino que trabalham em parceria com o Programa Saúde na Escola (PSE) em busca de crianças e adolescentes que apresentem sinais e sintomas das doenças. Os profissionais estão se reunindo também com os pais dos estudantes para fortalecer a participação na campanha.

Foram distribuídas fichas de autoimagem para as escolas que participam da ação. Nas fichas, com desenho do corpo humano, os responsáveis vão marcar onde as crianças possuem qualquer tipo de machas na pele, para serem avaliadas pelas equipes da atenção básica.

“A participação dos pais é essencial na autorização para o tratamento das verminoses com o medicamento albendazol e também para fazerem os exames junto às crianças para identificar as manchas no corpo, que pode ser caso de hanseníase”, afirmou Séfora Andrade, técnica da área de Tuberculose e Hanseníase da SMS.

Os casos suspeitos serão encaminhados à rede básica de saúde para confirmação e início imediato do tratamento. “Vale ressaltar que o tratamento para as duas doenças acontecem diariamente nas Unidades de Saúde da Família e mesmo as crianças que estudam em escolas não incluídas na campanha podem ter acesso ao tratamento”, explicou Eveline Vilar, coordenadora da área de Tuberculose e Hanseníase da SMS.

Geohelmintíases – Também conhecida por verminoses, constitui um grupo de doenças parasitárias intestinais que acometem o homem e podem causar sérios problemas de saúde, como anemia, perda de peso, dores abdominais, sangramentos intestinais e diarreias frequentes..

A lombriga e o amarelão são os tipos mais conhecidos, caracterizadas como infecções no intestino provocadas por vermes ou parasitas. Esses parasitas podem prejudicar o desenvolvimento e o rendimento escolar da criança.

Hanseníase – A hanseníase é causada por uma bactéria denominada Mycobacterium leprae e transmitida pelas vias respiratórias superiores, através da tosse e do espirro. Os principais sinais são caroços e placas em qualquer local do corpo, manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade ao calor, frio, dor e tato, bem como áreas da pele aparentemente normais que têm alteração da sensibilidade e da sudorese.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas