Cielo vai mal e fica fora do p?dio em Mundial; Nicholas Santos ? prata

5
0
COMPARTILHE

Não deu para Cesar Cielo na final dos 50 metros borboleta no Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan, na Rússia. O bicampeão da prova não nadou bem na manhã desta segunda-feira (3) e terminou a final na 6ª colocação (23s21), dando adeus ao sonho do tri. Porém, outro brasileiro na prova, Nicholas Santos, cravou 23s09 e ficou com a medalha de prata. O ouro foi para o francês Florent Manaudou, 22s97.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Durante o fim de semana, nas baterias eliminatórias, Cesar Cielo havia sentido dores no ombro, decorrentes de uma lesão sofrida durante o período de treinos em Eindhoven, na Holanda, após a disputa do 9º Open da França, em Vichy Val D’Alier, no início de julho.

“Eu não tinha nada a perder, estava na raia 8, e a prova acabou não sendo boa de novo. Foi uma chegada ruim, e uma saída mais ou menos. Abaixei [o tempo] um pouquinho mais em relação a ontem (eliminatórias), mas está difícil. Agora é corrigir tudo isso para chegar bem na Olimpíada.”, contou Cesar.

Em Kazan, Cielo ainda irá nadar os 50 metros livres, com eliminatórias e semifinais na sexta-feira (7) e decisão no sábado (8). Nessa prova, além de ser campeão olímpico (Pequim/2008) e recordista mundial (20s91), o brasileiro é tricampeão mundial (Roma/2009, Xangai/2011 e Barcelona/2013).

O dia em Kazan

Na semifinal dos 100 metros costas masculino, o brasileiro Guilherme Guido não conseguiu repetir o bom desempenho do Pan de Toronto e acabou em 14º no geral da disputa, ficando fora da grande final do Mundial. Quem também não obteve o mesmo sucesso do Pan foi Etiene Medeiros, que com 59s97 não obteve vaga na decisão dos 100 metros costas.

Já João de Lucca ficou fora da final dos 200 metros livres. Cravou a marca de 1min48s23 e terminou a primeira bateria da semifinal em 8º lugar na série e em 16º no geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas