Clientes e bancos resolver?o cobran?as de juros no p?s-greve de forma individual

12
COMPARTILHE

Clientes que tiveram problemas com pagamento de contas 72 horas depois do fim da greve dos bancários deverão ser encaminhados pela Secretaria de Proteção do Consumidor da Capital (Procon) para que os resolvam diretamente com os bancos, de forma pontual, com a intermediação da Secretaria, mas sem formalização de reclamação.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A cobrança de juros e multas foi suspensa por uma liminar concedida aos consumidores da Paraíba por meio de ação civil pública impetrada pelo Procon-JP contra a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A liminar também atesta que haverá a isenção da taxa de devolução de cheques, ficando suspensa a negativação dos correntistas.

“Só no primeiro dia da reabertura dos bancos recebemos mais de 50 reclamações de consumidores alegando que as agências estavam fazendo cobranças de juros e multas. Cada caso será analisado e resolvido de forma individual”, disse Helton Renê, secretário do Procon.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas