Come?a julgamento do caso Ana Alice na PB; previs?o ? que seja finalizado ? noite

6
0
COMPARTILHE

Começou por volta das 9h desta terça-feira (18) o julgamento do réu Leônio Barbosa de Arruda, na comarca de Queimadas, região de Campina grande. Ele é acusado de estuprar, matar e ocultar o corpo da adolescente Ana Alice Macedo Valentin. O crime ocorreu em 2012, na Zona Rural do município de Caturité, quando a vítima tinha 16 anos de idade.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O júri popular é conduzido pelo juiz Antônio Gonçalves Ribeiro Júnior, da 1ª Vara Mista da unidade local, e ocorre na Câmara Municipal ‘Casa Veneziano Vital do Rego’. Na entrada do prédio da Câmara, cartazes foram pendurados com mensagens de pedidos de justiça em um clima tranquilo.

Após sorteio entre os jurados, o Conselho de Sentença ficou formado por cinco mulheres e dois homens. Segundo o magistrado, há previsão é que o julgamento seja concluído somente no início da noite, após serem ouvidas as seis testemunhas arroladas pelo Ministério Público, bem como o interrogatório do réu. Em seguida, ocorrerá os debates entre defesa e acusação.

Sobre o caso

Conforme os autos, no dia 19 de setembro de 2012, a vítima, que voltava da escola, foi forçada a entrar no carro do acusado. Leônio Barbosa, de posse de uma arma de fogo, teria violentado a jovem, levando-a em seguida a um terceiro local, onde a assassinou. O corpo dela foi enterrado na fazenda em que o acusado trabalhava, no município de Caturité, só sendo encontrado 50 dias após o crime.

Graças à denúncia de outra vítima, que sobreviveu à tentativa de assassinato, e ao empenho do ‘Comitê de Solidariedade Ana Alice’, grupo criado em apoio aos familiares da adolescente, o acusado foi preso. Ana Alice foi uma das quatro vítimas de um mesmo homem.

Mesmo sob custódia da Justiça, no Presídio do Serrotão, na cidade de Campina Grande, o réu conseguiu fugir em abril de 2014, deixando as famílias de suas vítimas e a comunidade local em pânico, só sendo recapturado dez dias após a fuga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas