Comerciante ? baleado durante assalto no Litoral Norte; suspeito acaba espancado por ?ndios

5
0
COMPARTILHE

Um comerciante de 42 anos foi agredido e atingido por um tiro de raspão durante tentativa de assalto a um mercadinho da aldeia indígena Galego, na Baía da Traição (Litoral Norte do estado, a 92 km de João Pessoa). A tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) aconteceu por volta das 19h30 dessa segunda-feira (10).

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o comandante da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar, capitão Alberto Filho, dois homens chegaram ao estabelecimento comercial em uma motocicleta. Um dos suspeitos, um jovem de 22 anos, entrou no local e anunciou o assalto; o cúmplice dele ficou do lado de fora do estabelecimento. O assaltante estava armado, mas mesmo assim o proprietário do mercadinho reagiu.

Ao observar a reação da vítima, o suspeito que dava cobertura à ação entrou no estabelecimento e usou um capacete para agredir o comerciante com golpes na cabeça. O outro efetuou cinco disparos de armas de fogo, mas apenas um atingiu a vítima, de raspão.

Após o som dos tiros, moradores da aldeia foram até o mercadinho para ajudar o comerciante. Um dos assaltantes conseguiu fugir, enquanto o outro suspeito acabou espancado pelos índios.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas e socorreram os dois feridos para um hospital em Mamanguape, mas em seguida eles foram transferidos para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.  Segundo boletim divulgado na manhã desta terça-feira (11), os dois passaram por procedimentos cirúrgicos e seguem internados em estado regular.

O outro homem envolvido no assalto fugiu com direção ao município de Mataraca e até as 7h40 não havia sido preso. A polícia garantiu, no entanto, que já sabe a identidade do suspeito.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas