Como um gato…

7
0
COMPARTILHE

O peemedebista Renan Calheiros está igual a um gato – me perdoem o bullying, mas gato ele não é mesmo -, deve ter sete vidas. Entra delação, sai delação, e o presidente do Senado vai escapando. Foi citado aqui, ali, acolá e sempre consegue sair pela tangente, não importa o que digam.

Acontece, que a situação te se complicado e essas ‘sete vidas’ podem estar no fim. Semana passada, foi afastado, mas não cumpriu a ordem. O Supremo Tribunal Federal decidiu mantê-lo na presidência, o que gerou um baita mal-estar entre Poderes e empoderados., sem falar nos ‘memes’ nas redes sociais.

No interior se costuma dizer: “pau que dá em Chico, dá em Francisco”. Alagoano, Renan se transformou em sulista para não ter que explicar a expressão popular, que nada mais é que se vale para um, deveria valer para todos, as regras.

Ontem, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou Calheiros por suposto recebimento de propina. Eu fico pensando como funciona a cabeça dos parlamentares e dos próprios ministros. Porque com Delcídio do Amaral, foi tolerância zero; com Eduardo Cunha, por mais pressão que este fez, não teve jeito, dançou bonito e ligeiro.

Mas, Renan… Ah! Renan… Caberia tese de mestrado, doutorado e algo mais. Só para explicar que não estou defendendo como diria o senador Magno Malta, nenhum dos ‘traquinos’ acima citados, estou apenas observando o desenrolar desse novelo de lã.

‘Coincidência’

Ao ser perguntado sobre a visita que fez ao Sertão da Paraíba, mais precisamente Sousa e Cajazeiras, o prefeito da Capital Luciano Cartaxo disse que essa ida é rotineira no final do ano, mas que ficou feliz em saber que o trabalho desenvolvido pela gestão dele, em João Pessoa, tem repercutido. Juntou a fome com a vontade de comer.

Ao avesso

Interessante ver o presidente Michel Temer criticar o vazamento de delações premiadas de ex-diretores da Odebrecht. Em outros casos, como não estava envolvido, não criticou. Pelo contrário, quase que defendeu.

Muita gente

Temer enviou carta ao procurador-geral Rodrigo Janot pedindo agilidade na conclusão das delações. Ele precisa entender que é gente demais…

Refazendo…

O PT realiza eleições em março do próximo ano para direção estadual da legenda. Atual presidente, Charliton Machado defende renovação. Diante de todos os fatos que envolveram o PT este ano, é preciso sim, renovar.

…o pt

Renovar não apenas os dirigentes, mas a forma de fazer política e reconquistar a militância, que foi se perdendo ao longo do caminho.

“Todo feio, eu?”

“Nunca tive relações de negócios com a Odebrecht”. Foi o que afirmou o ex-deputado Inaldo Leitão, que foi citado em uma delação do ex-diretor da empresa Cláudio Melo Filho como tendo recebido R$ 100 mil em propina. Mas, o que pegou mesmo foi o codinome: “Todo feio”. Realmente, é para ficar desgotoso mesmo.

Reforma…

Em entrevista ao programa Correio Debate (CorreioSat), o deputado Benjamin Maranhão foi taxativo ao dizer que não há outro caminho a não ser fazer a Reforma da Previdência. Ele apenas discorda dos 65 anos.

…da previdência

“Nós vivemos uma crise econômica e que todos os brasileiros estão pagando por isso, direta e indiretamente”, ressaltou o deputado federal.

Na Esma

A desembargadora Fátima Bezerra, diretora da Esma é quem vai proferir a palestra “Feminicídio e Enfrentamento à Violência”.encerrando o Projeto Café com Lei deste ano hoje, às 19h.

Fechou

Só para fechar com chave de ouro: três governadores em oito dias, período da licença de Ricardo Coutinho. Tá podendo, heim!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas