Concursos públicos de duas prefeituras são suspensos pela Justiça na PB

8
0
COMPARTILHE

Os concursos públicos das prefeituras de Monte Horebe e Queimadas foram suspensos pela Justiça. As decisões levam em consideração suspeitas contra gestão municipal e empresa organizadora, respectivamente. 

Leia mais Notícias no Portal Correio 

Em Monte Horebe, Sertão paraibano, a 554 km de João Pessoa, o concurso público ofertava 42 vagas com remunerações de até R$ 5 mil. As inscrições foram encerradas no domingo (4) e as provas objetivas seriam aplicadas no dia 9 de outubro.

De acordo com documento encaminhado pela prefeita Cláudia Aparecida Dias à empresa organizadora do certame, a suspensão obedece a determinação da Justiça de Bonito de Santa Fé, baseada em pedido do Ministério Público. 

Um mandado de suspensão publicado no site da empresa organizadora mostra que a Justiça pediu o cancelamento do concurso por causa de denúncias de improbidade administrativa que existem contra a prefeita.

Queimadas

Também foi suspenso o concurso da prefeitura de Queimadas, Agreste do estado, distante 133 km da Capital. O edital previa contratação de 121 novos profissionais, com remunerações de até R$ 4,5 mil. Ao Portal Correio, a diretora administrativa e financeira da Compass Concursos Públicos e Assessorias, Rejane Morais, informou que, na decisão, o promotor considerou possíveis irregularidades envolvendo a empresa organizadora do certame. 

“Ele alega que a licitação não foi publicada em um jornal de grande circulação e citou uma operação ocorrida no Rio Grande do Norte para apurar possíveis fraudes em concursos. Acontece que a Compass não foi alvo dessa operação e a acusação sobre publicidade da licitação também não tem fundamento”, garantiu.

Rejane Morais também disse que a empresa já entrou com pedido de reconsideração da decisão, cujo resultado está previsto para sair nesta sexta-feira (9). Os candidatos inscritos no concurso podem acompanhar o caso pelo site da Compass.

“Ainda não divulgamos nota oficial [sobre a suspensão do concurso], pois tentamos reverter a situação. Quando houver uma posição definitiva iremos publicizá-la”,  disse a diretora administrativa e financeira. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas