Confian?a do consumidor cai pela sexta vez seguida e mostra pessimismo na Para?ba

12
0
COMPARTILHE

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Região Metropolitana de João Pessoa caiu 0,52%, chegando a 98,33 pontos no mês de junho, ficando novamente abaixo dos 100 pontos e mostrando o pessimismo dos consumidores com relação a situação econômica do país. Esta é a sexta queda consecutiva de acordo com o levantamento do Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba (IFEP).

Leia mais Notícias no Portal Correio

Na comparação anual, de junho deste ano com o mesmo mês de 2014, o ICC apresentou uma retração de 8,95% caindo de 107,99 para 98,33 pontos. Segundo a pesquisa, a pontuação varia de 0 a 200 pontos, na qual acima de 100 pontos indica otimismo e abaixo disso, pessimismo.

O ICC é composto por dois subíndices: o Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA), que mede a confiança do consumidor em relação à sua situação atual, e o Índice de Expectativa do Consumidor (IEC), que calcula o sentimento do consumidor em relação à sua situação futura.

Ainda segundo a pesquisa, os consumidores que avaliam como “melhor” a situação familiar caiu de 18,89% em maio para 17,37% neste mês. A pesquisa também questionou a situação de emprego dos entrevistados para os próximos três meses, onde 44,41% dos entrevistados não se consideram seguros no emprego atual.

Na análise por gênero, a pesquisa revelou que a queda da confiança entre os homens foi de 0,76%, enquanto as mulheres chegaram a 0,27% de queda. Com relação à renda, os consumidores com rendimentos acima de dez salários mínimos foram os que apresentaram maior baixa, de 0,89%. Já no que condiz à escolaridade, aqueles com ensino superior registraram maior retração na confiança, de 0,97%.

“Este comportamento de diminuição da confiança pode ser atribuído, em parte, a fatores como: aumento da inflação, que diminui o poder de compra da população, além da menor oferta de crédito e aumento do desemprego. A expectativa é que a confiança do consumidor caia mais um pouco no próximo mês, influenciado por novos reajustes de preços administrados, a exemplo dos combustíveis”, apontou o Presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros.

A pesquisa foi realizada nos dez primeiros dias de junho e contou com a participação de cerca de 400 entrevistados escolhidos de forma aleatória na Região Metropolitana de João Pessoa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas