Congresso mant?m veto ao reajuste do Judici?rio; veja como votou bancada da PB

9
0
COMPARTILHE

O plenário do Congresso Nacional (Câmara e Senado) decidiu no fim da noite desta terça-feira (17), em votação em separado, manter o veto da presidente Dilma Rousseff ao reajuste de até 78% para servidores do Judiciário, previsto no Projeto de Lei 7.920/14. Segundo o governo, o reajuste causaria um impacto financeiro de R$ 27,5 bilhões aos cofres públicos nos próximos quatro anos. Cinco deputados da Paraíba votaram pela manutenção do veto e três pela derrubada. (Veja abaixo).

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Para derrubar o veto eram necessários 257 votos sim, mas os deputados favoráveis à queda do despositivo só conseguiram 251 votos contra 132 dos que votaram a favor da manutenção do veto. Foram 11 abstenções. Com o resultado, a matéria não será analisada no Senado.

Após o resultado, servidores do Judiciário que ocupavam as galerias se manifestaram contra a decisão do plenário. Eles gritaram palavras de ordem contra a manutenção do veto, como “sem reajuste não vai ter eleição”, uma referência a uma possível greve no Judiciário no próximo ano, de eleições municipais.

Veja como votou a bancada da Paraíba:

Votaram pela manutenção do veto: Hugo Motta (PMDB), Wellington Roberto (PR), Aguinaldo Ribeiro (PP), Wilson Filho (PMDB) e Luiz Couto (PT).

Votaram pela derrubada do veto: Efraim Filho (DEM), Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) e Pedro Cunha Lima (PSDB).

Não compareceram a votação: Rômulo Gouveia (PSD), Manoel Júnior (PMDB), Damião Feliciano (PDT) e Benjamin Maranhão (Solidariedade). 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas