Conmebol define fase de grupo da Libertadores, confira as chaves

5
0
COMPARTILHE

Na noite de quarta-feira (21), a Conmebol realizou o sorteio da Taça Libertadores da América de 2017. Com novo formato, ranqueamento histórico e calendário estendido, 47 equipes disputarão o torneio desde suas fases preliminares até a grande final. A competição começará no final de janeiro e terá seu encerramento em novembro, um mês antes do Mundial de Clubes.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Nos novos critérios do sorteio, os clubes com mais pontuação na história da Conmebol foram os cabeças de chaves. Entre os brasileiros, Atlético Mineiro, Grêmio e Santos encabeçaram seus grupos. Além disso, equipe do mesmo país não estão nas mesmas chaves e a partir após o encerramento da primeira fase, um novo sorteio irá definir os confrontos do mata-mata.

Antes de iniciar o sorteio, a Conmebol prestou homenagem a tragédia envolvendo o avião que levava a equipe da Chapecoense, comissão técnica, diretoria, imprensa, convidados e a tripulação do voo. Após o término do vídeo, presidentes e representantes de confederações e clubes cantaram “Vamos, vamos Chape” no auditório do evento.

Logo na sequência, o presidente da Chapecoense foi até o palco para receber o troféu de campeão da Copa Sul-Americana. Em um discurso emocionado, Plínio David De Nes Filho agradeceu pelo carinho e solidariedade de todos os povos após o incidente e foi aplaudido de pé por todos que estavam na sede da Conmebol.

Em mais um ato de extrema grandeza da Chape, o presidente Plinio David De Nes Filho convocou o representante do Atlético Nacional para erguer o troféu da Copa Sul-Americana e solicitou para que o título fosse dividido entre as equipes.

Com um cachecol com os símbolos de Chapecoense e Atlético Nacional, o representante do clube colombiano retornou ao palco para receber o troféu da Taça Libertadores de 2016. Na decisão, o alviverde colombiano bateu o Independiente Del Valle, do Equador. No jogo de ida, empate em 1 a 1, e na casa do Atlético vitória por 1 a 0 e título garantido.

Aos 31 anos e com sondagem para atuar no Palmeiras na próxima temporada, o meia venezuelano Alejandro Guerra, do Atlético Nacional, foi eleito o melhor jogador do continente. Em 2016, o camisa 18 foi campeão da Libertadores, Copa da Colômbia, Superliga da Colômbia e terceiro lugar no Mundial de Clubes.

Antes do início do sorteio, a Conmebol homenageou a Argentina pelos 30 anos do título da Copa do Mundo de 1986, no México, comandados pelo técnico Carlos Bilardo. Naquela equipe brilhava o craque Diego Armando Maradona, eleito o melhor jogador do mundial.

Sexto colocado no Brasileirão, o Atlético Paranaense estreará contra o Millonarios, da Colômbia na primeira parte dos playoffs da Libertadores, caso avance para o segundo jogo preliminar, poderá enfrentar o Capitá, do Paraguai, Deportivo Táchira, da Venezuela, ou o Universitario, do Peru. Se chegar até a fase de grupos, terá San Lorenzo, da Argentina, Universidad Católica, do Chile e Flamengo.

Outro brasileiro garantido na “pré-Libertadores”, o Botafogo enfrenta na primeira fase o Colo Colo, do Chile. Na segunda etapa do mata-mata preliminar, Deportivo Municipal, do Peru, Independiente Del Valle, do Equador, ou Olímpia, do Paraguai podem ser o adversário do alvinegro. Em caso de classificação para os grupos do torneio, o Fogão terá pela frente o atual campeão, Atlético Nacional, Estudiantes, da Argentina e Barcelona, do Equador.

Garantido no Grupo 2 como cabeça de chave, o Santos, vice-campeão brasileiro, pegará o Independiente Santa Fé, da Colômbia, Sporting Cristal, do Peru, Ganhador 3, que será ente Atlético Cerro-URG, Unión Española-CHI, The Strongest-BOL, Universitario de Sucre-BOL e Montevideo Wanderers-URG.

Considerado o “Grupo da Morte”, o Flamengo aparece na 4ª chave da Libertadores. Terceiro colocado no brasileirão, o Rubro-negro enfrentará San Lorenzo, da Argentina, Universidad Católica, do Chile e o Ganhador 1, que virá dos confrontos entre Atlético Paranaense, Millonarios-COL, Capitá-PAR, Deportivo Táchira-VEM e Universitario-PER.

Atual campeão brasileiro, o Palmeiras está no Grupo 5 da Libertadores. Sob a presidência de Maurício Galiotte, o Verdão enfrentará o tradicional Peñarol, do Uruguai, Jorge Wilstermann, da Bolívia e o Ganhador 4, que vem das partidas entre Carabobo FC-VEN, Junior Barranquilla-COL, Tucumán-ARG e El Nacional-EQU.

Campeão da Libertadores de 2013, o Atlético Mineiro é o cabeça de chave do Grupo 6. O Galo já conheceu todos os seus adversários da primeira fase. Libertad, do Paraguai, Godoy Cruz, da Argentina e Sport Boys, da Bolívia serão os rivais na briga pela classificação as oitavas de final.

Pela primeira vez na Libertadores, a Chapecoense, campeã da Copa Sul-Americana também já conheceu os três rivais da fase de grupos. Na sétima chave da competição, o Verdão do Oeste enfrentará o Nacional, do Uruguai, o Lanús, atual campeão argentino e desconhecido Zulía, da Venezuela.

Após quebrar o jejum de 15 anos de conquistas, o atual campeão da Copa do Brasil e chaveado no Grupo 8, o Grêmio colocará sua alma copeira na fase de grupos contra o Guarani, do Paraguai, Zamora, da Venezuela e Deportes Iquique, do Chile.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas