Consulado dos EUA alerta turistas no Brasil: ‘aumento nos crimes em ônibus do NE’

0
COMPARTILHE

O Consulado Geral dos Estados Unidos em Recife (PE) emitiu alerta para cidadãos norte-americanos que estão no Brasil para que tomem cuidado com o sistema de transporte público no Nordeste. Segundo o alerta divulgado nessa quinta-feira (30), houve um aumento na violência nos ônibus em todos os estados da região, com foco para Pernambuco. A informação é do Jornal do Commercio/NE10 em Recife (PE).

Leia também: Andar de ônibus em João Pessoa vira pesadelo para motoristas e passageiros

Conforme a publicação, o texto se baseia em informações veiculadas na imprensa e cita que, só em Recife, houve alta de 97,2% na criminalidade no transporte público este ano, frente a 2016. “Os criminosos normalmente visam a motoristas e passageiros para roubar celulares, carteiras e joias”, diz parte da nota. Veja abaixo, traduzida.

“O Consulado Geral dos Estados Unidos em Recife alerta os cidadãos norte-americanos sobre um aumento na atividade criminal no transporte público em todos os estados do Nordeste. De acordo com a mídia, especificamente em Pernambuco, a criminalidade no transporte público é 97,2% maior do que no ano passado. Os criminosos normalmente visam a motoristas e passageiros para roubar celulares, carteiras e joias.

Reveja seus planos de segurança, permaneça atento ao seu redor, incluindo em eventos locais, e monitore a mídia local para atualizações. Esteja alerta e tome as medidas apropriadas para garantir a sua segurança pessoal.

O Consulado vai continuar monitorando a situação. Se você necessitar de assistência, entre em contato conosco”.

Em João Pessoa e Campina Grande, as duas maiores cidades da Paraíba, os casos de assaltos a ônibus assustam e chegaram a deixar mortos e feridos nos últimos dias.

No dia 6 de janeiro deste ano, um passageiro reagiu a um assalto e matou um suspeito dentro de ônibus de João Pessoa, quando o veículo passava pelo viaduto do Varadouro para o Terminal de Integração.

Em 2 de fevereiro, uma dupla foi presa suspeita de fazer arrastão em um ônibus urbano da Capital. No dia 4, uma mulher suspeita de assalto ficou presa na porta de um ônibus de Campina Grande.

No dia 19 do mesmo mês, um dos dois suspeitos de assaltar um transporte no Rangel chegou a ser perseguido pelos passageiros após um arrastão no ônibus. No dia seguinte, um jovem foi morto dentro de um ônibus de João Pessoa enquanto retornava de um bloco carnavalesco. Nenhum suspeito do crime foi preso.

Em 7 de março, um trio armado embarcou no Terminal de Integração de João Pessoa e fez um arrastão usando facão e armas de fogo. Um dia depois, outro transporte público foi alvo dos bandidos, deixando três pessoas feridas a tiros e agressões. Uma delas morreu e outra permanece em estado grave no Hospital de Trauma de João Pessoa após ter sido baleada.

Além de casos noticiados, como os citados acima, há outras situações em que vítimas não registram Boletim de Ocorrência, indo contra a recomendação das autoridades. No dia 28, passageiros relataram que um grupo armado teria embarcado no 003-Jaguaribe, em João Pessoa, no Terminal de Integração do Varadouro, e assaltou todos os que seguiam no veículo.


Policiamento

A Polícia Militar desencadeou uma operação em João Pessoa para combater os assaltos a ônibus, que já não têm mais horários para ocorrer e nem sempre terminam só com os roubos, mas também com vítimas atacadas.

A ação especial da PM começou no dia 21 de março e se seguiu, com a meta de alcançar pelo menos 20 bairros, em trechos onde há a maior quantidade de crimes.

Mesmo com a operação e casos de suspeitos presos antes dos crimes ocorrerem, a violência nos ônibus da Capital continuou fazendo vítimas, quando um cobrador chegou a ser ferido depois que o veículo foi apedrejado porque o assalto foi frustrado pela polícia.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas