Coordenadoria LGBT debate violência de gênero nesta terça, em João Pessoa

11
0
COMPARTILHE

A Coordenadoria Municipal de Promoção à Cidadania LGBT e da Igualdade Racial promove nesta terça-feira (6), a partir das 9h, o I Encontro de Homens Discutindo a Violência de Gênero. O evento vai acontecer no auditório do Paço Municipal, com a participação de mais de 100 homens da Guarda Municipal.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O evento ainda conta com a parceria das secretarias municipais de Educação (Sedec), Desenvolvimento Social (Sedes), Saúde (SMS) e Mulher (SEPPM). O objetivo do encontro é discutir a violência de gênero sofrida por mulheres, travestis e transexuais e dialogar sobre masculinidades.

O coordenador de Promoção à Cidadania LGBT, Roberto Maia, adianta que o tema é de difícil abordagem, mas que recebeu apoio integral da Guarda Municipal para a realização do evento. “Este assunto não é fácil, geralmente a gente não dialoga sobre isso porque há muita resistência em trabalhar as masculinidades, por isso a parceria com a Guarda Municipal foi fundamental, assim como as demais secretarias, que vão contribuir com o debate”, disse.

Entre os temas que serão abordados está a cultura do machismo. “Nós vamos discutir como é ser homem na sociedade e como a cultura machista violenta corpos e é opressora também para os homens, que não podem demonstrar sentimentos, não conseguem dialogar sobre afeto, não expressam afetividade. Enfim, não por acaso os homens morrem mais cedo. Eles precisam ser mais violentos e geralmente não tem cuidado com si”, ressaltou Roberto Maia.

Ele também acrescenta a importância do encontro dentro das políticas públicas da gestão municipal para a população LGBT: “A partir dessa discussão nós vamos ampliar o acolhimento às identidades trans e a população LGBT como um todo. Vamos desconstruir esse preconceito para que a gente possa ter uma sociedade de relações de igualdade entre homens e mulheres, entre homens e homens e entre todas as pessoas, independente da sua orientação sexual”, reforçou.

Além dos funcionários das secretarias municipais, são aguardados pelo menos 100 homens da Guarda Municipal, principal público do encontro.
Para o comandante-geral da Guarda, José Severino de Figueiredo, o evento é mais que oportuno e será fundamental da capacitação dos homens da Guarda. “É um evento de ampla magnitude, até porque é do nosso interesse trabalhar a questão de gênero e o respeito à população LGBT. Com este encontro, nossos agentes municipais estarão mais capacitados para atender esta população, com a abordagem e o respeito que eles merecem”, disse Figueiredo.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas