Coordenadoria LGBT faz oficina na Capital para combater a homofobia

15
COMPARTILHE

A Coordenadoria Municipal de Promoção à Cidadania LGBT realiza, nesta terça-feira (16), mais uma oficina sobre Diversidade Sexual LGBT. O evento acontece pela manhã, às 9h, no Centro de Referência da Cidadania Valentina e, no período da tarde, no CRC Funcionários, às 14h.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com dados do Movimento do Espírito Lilás (Mel) e do Núcleo de Atenção Popular da Universidade Federal da Paraíba, no estado, em 2013, aconteceram 21 assassinatos motivados por homofobia. Já em 2014, 19 assassinatos. As principais vítimas desses crimes, em primeiro lugar, são travestis e transexuais, seguidos de homossexuais masculinos e, por fim, lésbicas e mulheres bissexuais.

Os principais temas expostos e trabalhados com os participantes são a discriminação, preconceito e violência psicológica que as vítimas sofrem. As oficinas acontecem em comunidades, escolas, unidades de saúde da família e nas instituições da assistência social como os Cras e os CRCs. A oficina será ministrada pelo assessor técnico da coordenadoria LGBT, Adeiton Félix.

“Temos depoimentos de mães, familiares e parentes que tinham muito preconceito, mas, depois das oficinas, passaram a ver com um olhar mais acolhedor essa população, porque passaram a compreender que a diversidade sexual é inerente ao ser humano”, declarou o coordenador Municipal de Promoção à Cidadania LGBT, Roberto Maia.

Só neste ano, a Coordenadoria de Promoção à Cidadania LGBT já realizou oficinas para debater a diversidade sexual nos bairros de Mangabeira, Valentina, Costa e Silva, Roger, Cruz das Armas e Jardim Veneza.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas