Corretor com nove processos na Justiça é preso em JP suspeito de golpes de R$ 600 mil

10
0
COMPARTILHE

Um corretor de imóveis e veículos de 38 anos foi preso nesta quinta-feira (21), na casa onde mora em Mangabeira, em João Pessoa, suspeito de aplicar golpes em negociações e provocar prejuízo maior que R$ 600 mil. Segundo a polícia, ele continuava exercendo a atividade há cerca de quatro anos mesmo respondendo a seis procedimentos administrativos no Creci-PB, a nove processos na Justiça paraibana, e depois de já ter sido preso em 2015 pelo crime de porte ilegal de arma.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o delegado de Defraudações Lucas Sá, o suspeito oferecia imóveis para negociação, informando ter contatos em instituições financeiras que facilitariam a aprovação dos contratos de financiamento. Para isso, ele alegava que precisaria de adiantamento dos valores, como um sinal, para que a negociação pudesse ter seguimento.

“O suspeito sempre recebe os pagamentos em contas pessoais ou em espécie, em média de R$ 5 mil a R$ 10 mil, para dar início às negociações; no entanto, algumas vítimas chegaram a repassar a quantia de R$ 20 mil, outra vítima repassou R$ 35 mil e mais uma chegou a repassar R$ 90 mil. Após receber os valores de todas as vítimas, o suspeito desaparecia, mudando contato telefônico e até mesmo de endereço”, explicou o delegado., afirmando ainda que o corretor pretendia fugir para os Estados Unidos no dia 5 de agosto, sem pretensão de retornar para o Brasil.

Ele foi preso e enquadrado no crime de estelionato e permanecerá na carceragem da Central de Polícia Civil, em João Pessoa.

Segundo Sá, 11 pessoas já compareceram à polícia denunciando práticas criminosas que teriam sido cometidas pelo suspeito.

Qualquer pessoa que se sinta vítima de golpes na compra e venda de imóveis ou veículos em João Pessoa, deve procurar qualquer delegacia para registrar Boletim de Ocorrência ou ligar para o Disque Denúncia da Polícia Civil, 197. O telefone é gratuita e identidade do denunciante é preservada.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas