Criar animais silvestres em casa gera risco de contração de doenças; confira vídeo

212
0
COMPARTILHE

Foi apreendido nesta semana um macaco-prego que era criado há 20 anos em uma casa no bairro de Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa. Para evitar que situações como essa ocorram, criadores de animais silvestres devem obedecer alguns critérios estabelecidos na legislação brasileira. Além da possibilidade de cometer crime ambiental, as pessoas que mantêm esses bichos em cativeiro também correm risco de contrair doenças. Confira abaixo reportagem da TV Correio.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Na Grande João Pessoa, os animais apreendidos são conduzidos ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), do Ibama, no município de Cabedelo. O ambiente tem atualmente mais de 300 animais em fase de readaptação à natureza, incluindo o macaco resgatado.

O chefe do Cetas, Edilton Nóbrega, ressaltou que a legislação brasileira não permite a criação de animais silvestres em cativeiro e explica os riscos à saúde humana.

“Esse animal às vezes não tem assistência veterinária, você não sabe como estão sendo controlados parasitas e vacinas,” disse Edilton, alertando que doenças como raiva, dentre outras, podem ser transmitidas ao homem.

Ainda de acordo com o chefe do Cetas, quem tem um animal silvestre em casa e não pretende se envolver em conflito com a Justiça deve entrar em contato com o Ibama e fazer a entrega voluntária. Também é possível procurar o Batalhão Ambiental da Polícia Militar, que fica responsável pelo resgate do animal.

Confira reportagem da TV Correio:

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas