De portas abertas

0
COMPARTILHE

O prefeito da Capital, Luciano Cartaxo, estava até conversador ontem – quando o assunto é política, ele tem se esquivado. Deixou claro que o PSD estará de portas abertas para os partidos que queiram integrar o arco de alianças para o projeto dele à reeleição, este ano. Bem, para quem repete todo o tempo que o assunto campanha eleitoral só estaria na pauta no segundo semestre, acho que repensou e resolveu se adiantar um pouco, já que não tem ninguém parado desde o dia 1º deste ano.

Voltando ao arco de alianças, incluindo PSDB e PMDB na mesma sala, Cartaxo já mudou o tom e voltou ao discurso de que as conversas sobre ‘parcerias’ só a partir de junho. Mas, também deu a entender que as portas estão mais que abertas, escancaradas. Afinal, são dois dos maiores partidos políticos do Estado e quem quer desperdiçar não é mesmo. O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, teria dado carta branca para que o ex-petista construa a aliança necessária.

Talvez Cartaxo não consiga trazer o PMDB, diante da postura do candidato Manoel Júnior, incluindo críticas abertas ao prefeito. Já o PSDB, está mais ‘facin’. O namoro está quase virando noivado e do jeito que os casamentos estão mais rápidos, a união pode ir para o papel (ata) antes do que estamos imaginando. Faltaria apenas um detalhe para o enlace PSDB/PSD: a gratidão a Manoel Júnior que, em 2014, defendeu a ferro e fogo o PSDB, com direito a palanque e dissidência. Ruy Carneiro, que preside o diretório estadual, é simpático e pode ser o padrinho.

ACORDO FECHADO

Nos corredores da Câmara da Capital, a “rádio-peão” informa que o apoio do PSDB a Luciano Cartaxo já é prego batido, ponta virada. Como parte do acordo, o ex-deputado Rui Carneiro assumiria uma secretaria no Paço Municipal. Experiência em gestão, Rui tem de sobra. Foi secretário da Juventude, Esporte e Lazer.

SOBE TUDO

“Sobe a gasolina, sobe a mensalidade escolar, sobe a cesta básica, sobe a inflação, sobe o desemprego em 2016, sem perspectiva de melhoria”. Desabafo do suplente de senador Tavinho Santos.

E DANÇANDO

Tavinho ainda complementou no Twitter: “Enquanto o Carnaval chega, a inflação, desemprego e juros altos disparam e o povo dançando literalmente”.

POLÍTICA FEST 1

Para quem é jornalista, o Festverão também é pauta política. No último domingo, os suplentes Lindolfo Pires, Jullys Roberto e o deputado Bruno Cunha Lima foram avistados na arena.

POLÍTICA FEST 2

Aliás, Bruno, forte e quase único candidato a líder da oposição em 2016, ao ser questionado se o TCM sairia ou não das intenções, preferiu voltar a pergunta para o entrevistador.

SIMPATIA

O vereador Djanílson da Fonseca, que parece ter feito escola com o deputado João Gonçalves, e agora não perde uma inauguração do prefeito Luciano Cartaxo e também do governador Ricardo Coutinho – adoro esse ecletismo político -, disse ser simpático à união do PSD com o PSDB.

OUSADO

Para Djanílson, Cartaxo seria a segunda maior liderança política do Estado, perdendo apenas para o Ricardo Coutinho. “O governador só está onde está graças a Luciano Cartaxo”. É ousado.

ANÁLISE

Roberto Freire: “O pedido de impeachment de Dilma pela prática de crime de responsabilidade tem muito mais substância e fundamentação que o de Collor”.

POSSE FESTIVA

A posse oficial já aconteceu, mas a festiva será na próxima sexta-feira, na Cidade Viva, às 17h. A nova diretoria da OAB-PB, que tem Paulo Maia como presidente e Raoni Vita, vice.

SEM REAJUSTE

O superintendente da Semob, Carlos Batinga, garantiu que os pessoenses passarão o Carnaval com a tarifa de transporte coletivo do jeito que está.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas