Decretada prisão de suspeita de atropelar e matar servidor público na Grande JP

13
0
COMPARTILHE

Está foragida a suspeita de atropelar e matar o servidor público Antônio Miguel, de 54 anos, durante acidente em um trecho da BR-230, na madrugada desse sábado (29), em Cabedelo, na Grande João Pessoa. A suspeita deverá responder por homicídio culposo e, se condenada, pegar entre dois e quatro anos de prisão.


Leia também: Acidentes de trânsito na PB deixam pelo menos 4 mortos e 5 feridos em poucas horas

Segundo o delegado Alberto Jorge, que repassou nesta terça-feira (2) informações sobre o caso ao Portal Correio, a suspeita já teve a prisão preventiva decretada e como não se apresentou a polícia após fugir do local do acidente é considerada foragida.


Leia mais Notícias no Portal Correio

“A Justiça decretou a prisão preventiva dela [suspeita] e ela segue foragida. Em tese, ela responderá pelo artigo 302 do Código de Trânsito (homicídio culposo). No decorrer das investigações, caso novos fatos sejam identificados, a tipificação do crime pode mudar”, contou o delegado.

Ainda segundo o delegado Alberto Jorge, o caso vai ser encaminhado para a Comarca de Cabedelo e a investigação deverá prosseguir com o delegado Isaías Olegário.

 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas