defensoria-publica-faz-plantao-24h-na-central-de-flagrantes-de-jp
Plantão fará atendimentos na Central de Flagrantes, que fica na Central de Polícia (Foto: Reprodução/TV Correio)

Defensoria Pública faz plantão 24h na Central de Flagrantes

Expectativa é que, nos próximos anos, essa ação também possa ser estendida para outras cidades, a exemplo de Campina Grande

663
COMPARTILHE
Durante o Carnaval, quem for preso e conduzido à Central de Coordenação de Flagrantes em João Pessoa e não tiver condições de constituir um advogado particular contará com assistência jurídica gratuita, disponibilizada no local pela Defensoria Pública da Paraíba-DPPB. A Central de Coordenação de Flagrantes está localizada no prédio da Central de Polícia, no bairro Ernesto Geisel.
“Esta será a primeira vez que a DPPB realiza esse tipo de plantão 24 horas, por meio de uma equipe composta por defensores públicos e servidores, que, inclusive, percorrerá as localidades onde ocorra maior movimento dos festejos momescos, verificando a necessidade de orientação ou assistência jurídica”, afirmou a defensora pública-geral Madalena Abrantes.
O Plantão de Carnaval terá à frente o defensor público André Pessoa de Carvalho, que é o coordenador da Central de Flagrantes. Segundo ele, a expectativa é que, nos próximos anos, essa ação também possa ser estendida para outras cidades, a exemplo de Campina Grande, Patos e Guarabira, que polarizam regiões do estado.
Desde julho do ano passado, os flagrantes feitos na Central de Polícia são comunicados imediatamente, por meio virtual, à Defensoria Pública, que adota as devidas providências  ou indica eventuais ilegalidades. A iniciativa decorreu de parceria firmada entre a Instituição e a Polícia Civil.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas