Delegado da Pol?cia Civil ? baleado com tr?s tiros enquanto dirigia carro na Para?ba

35
COMPARTILHE

Um delegado da Polícia Civil foi baleado com três tiros, no Centro de Uiraúna (Sertão do estado, a 477 km de João Pessoa), na manhã deste sábado (13). Ele foi socorrido para o Hospital Regional de Cajazeiras, na mesma região.

Leia também:
“Bandido não vai afrontar a PM; vamos responder à altura”, avisa coronel Euller Chaves

De acordo com a polícia local, o delegado dirigia o carro dele pela cidade quando dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram os disparos. Para a polícia, o crime pode ter sido uma tentativa de homicídio.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Conforme o comandante da rádio patrulha da 2ª Companhia de Polícia Militar, em Uiraúna, sargento Jonas, a polícia já identificou o suspeito de ter efetuado os disparos. Trata-se de um comerciante da cidade, que teria discutido com o delegado horas antes do crime, segundo relato de testemunhas. Um vídeo gravado por câmeras de segurança mostra o momento da briga. As imagens não foram divulgadas. Ainda de acordo com o sargento, o suspeito não foi localizado e a polícia ainda não sabe o que motivou a discussão.

Segundo informações repassadas pelo 6º Batalhão de Polícia Militar, em Cajazeiras, um carro foi encontrado abandonado na cidade de Orós, no Ceará, e existe a suspeita de que o veículo seja o mesmo usado pelos bandidos durante a fuga.  

Ao Portal Correio, a assessoria de comunicação do Hospital Regional de Cajazeiras informou que o estado de saúde do delegado é estável, mas inspira cuidados. Ele será transferido para  o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, no helicóptero da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds). 

“No momento o paciente está entubado e desacordado. Ele chegou ao hospital consciente, mas a equipe médica optou por realizar esse procedimento devido à pressão que o paciente será submetido durante o voo. Porém, o estado de saúde dele é estável, apesar de ainda inspirar cuidados”, disse a assessoria. 

A previsão era de que o paciente saísse de Cajazeiras por volta das 15h, mas faltou combustível no helicóptero e a aeronave precisou se deslocar até Juazeiro do Norte, no Ceará, para realizar o abastecimento. Devido ao imprevisto, o helicóptero só decolou com destino a João Pessoa por volta das 17h. Até as 18h15, o delegado não havia chegado à Capital. 

Violência contra policiais 

Nos últimos sete dias, quatro
pessoas ligadas à Segurança foram alvo da ação de criminosos na Paraíba. No
sábado (6), o cabo da Polícia Militar Ubirajara Moreira Dias foi assassinado a
tiros
durante assalto a um posto de combustíveis na cidade de Patos, Sertão do
estado. Já na terça-feira (9), o sargento Josemberg da Silva foi morto durante
averiguação na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. O soldado que
acompanhava o sargento ficou ferido.

Outros casos de violência contra policiais foram registrados neste ano no estado. Relembre todas as ocorrências.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas