Delegado da Pol?cia Civil ? baleado com tr?s tiros enquanto dirigia carro na Para?ba

31
0
COMPARTILHE

Um delegado da Polícia Civil foi baleado com três tiros, no Centro de Uiraúna (Sertão do estado, a 477 km de João Pessoa), na manhã deste sábado (13). Ele foi socorrido para o Hospital Regional de Cajazeiras, na mesma região.

Leia também:
“Bandido não vai afrontar a PM; vamos responder à altura”, avisa coronel Euller Chaves

De acordo com a polícia local, o delegado dirigia o carro dele pela cidade quando dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram os disparos. Para a polícia, o crime pode ter sido uma tentativa de homicídio.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Conforme o comandante da rádio patrulha da 2ª Companhia de Polícia Militar, em Uiraúna, sargento Jonas, a polícia já identificou o suspeito de ter efetuado os disparos. Trata-se de um comerciante da cidade, que teria discutido com o delegado horas antes do crime, segundo relato de testemunhas. Um vídeo gravado por câmeras de segurança mostra o momento da briga. As imagens não foram divulgadas. Ainda de acordo com o sargento, o suspeito não foi localizado e a polícia ainda não sabe o que motivou a discussão.

Segundo informações repassadas pelo 6º Batalhão de Polícia Militar, em Cajazeiras, um carro foi encontrado abandonado na cidade de Orós, no Ceará, e existe a suspeita de que o veículo seja o mesmo usado pelos bandidos durante a fuga.  

Ao Portal Correio, a assessoria de comunicação do Hospital Regional de Cajazeiras informou que o estado de saúde do delegado é estável, mas inspira cuidados. Ele será transferido para  o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, no helicóptero da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds). 

“No momento o paciente está entubado e desacordado. Ele chegou ao hospital consciente, mas a equipe médica optou por realizar esse procedimento devido à pressão que o paciente será submetido durante o voo. Porém, o estado de saúde dele é estável, apesar de ainda inspirar cuidados”, disse a assessoria. 

A previsão era de que o paciente saísse de Cajazeiras por volta das 15h, mas faltou combustível no helicóptero e a aeronave precisou se deslocar até Juazeiro do Norte, no Ceará, para realizar o abastecimento. Devido ao imprevisto, o helicóptero só decolou com destino a João Pessoa por volta das 17h. Até as 18h15, o delegado não havia chegado à Capital. 

Violência contra policiais 

Nos últimos sete dias, quatro
pessoas ligadas à Segurança foram alvo da ação de criminosos na Paraíba. No
sábado (6), o cabo da Polícia Militar Ubirajara Moreira Dias foi assassinado a
tiros
durante assalto a um posto de combustíveis na cidade de Patos, Sertão do
estado. Já na terça-feira (9), o sargento Josemberg da Silva foi morto durante
averiguação na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. O soldado que
acompanhava o sargento ficou ferido.

Outros casos de violência contra policiais foram registrados neste ano no estado. Relembre todas as ocorrências.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas