Descalabro administrativo

25
0
COMPARTILHE

Quase um mês depois da posse, os novos prefeitos da Paraíba- aqueles eleitos para primeiro mandato- continuam enfrentando dificuldades por causa do descalabro administrativo herdado dos adversários. É inconcebível que agentes políticos, eleitos pelo voto direto do cidadão, saqueiem os cofres públicos somente porque foram derrotados pelos adversários.

Não dá para acreditar que políticos que deveriam dar o bom exemplo permitam a depredação do patrimônio público para dificultar a gestão futura. O mais inacreditável é saber que ex-prefeitos acusados de corrupção andem por aí gastando dinheiro desviado dos cofres públicos nos últimos dias da gestão, sem que nada lhes aconteça.

Já está na hora de se impor sanções mais drásticas e duras contra aqueles que dilapidam o patrimônio, que passam a mão no dinheiro público. Isso não pode mais continuar acontecendo em pleno século 21. Os congressistas precisam tomar uma providência. Precisam modificar a legislação de forma que os prefeitos em fim de mandato não possam movimentar as contas públicas nos dias que sucedem às eleições.

Outra alternativa é apressar a posse dos eleitos. Afinal de contas, em um País repleto de pessoas desonestas na política, a posse dos substitutos dos prefeitos deveria acontecer de imediato.

Por que esperar três meses para empossar o eleito? Isso só permite que o derrotado (ou aquele cujo candidato foi derrotado) que não tem compromisso com a sociedade, com a Constituição, nem com a própria consciência prepare terreno para fazer o que fizeram muitos ex-prefeitos: desviar dinheiro público, deixar carros sem pneus, óleo, faróis, nem rodas, ruas com toneladas e mais toneladas de lixo, fornecedores sem pagamento, salários atrasados, luz cortada, elevados débitos com a Previdência, a Energisa e a Cagepa etc. Isso é o cúmulo do absurdo.

Os ex-prefeitos que assim agiram deveriam estar na cadeia porque são bandidos. A população tem que dar uma resposta. Os prefeitos que assumiram precisam tomar as providências legais cabíveis. Se assim não fizeram, vão responder na Justiça, mesmo sem terem culpa pelo destroço encontrado nas administrações municipais.

São Miguel de Taipu…

Adversários do prefeito de São Miguel de Taipu, Clodoaldo Beltrão (PMDB), dizem ter um dossiê recheado de irregularidades praticadas nos últimos quatro anos. O prefeito não foi localizado ontem para se defender.

…cidade abandonada?

Segundo os adversários do prefeito Clodoaldo Beltrão, ele só era encontrado na cidade durante a campanha. Desde que reassumiu o mandato, dia 1º de janeiro, teria desaparecido, deixando a cidade abandonada.

Novas parcerias

O deputado federal Rômulo Gouveia disse que sempre teve uma relação muito boa com a Câmara de João Pessoa e tem certeza de que esse cenário se manterá. “Vamos pensar novas parcerias na área de comunicação”, disse.

Racha no PMDB Jovem

Depois que o presidente do PMDB Jovem, Diêhgo Amaranto, defendeu José Maranhão para governador, a vice-Pâmela Vital do Rêgo, divulgou nota dizendo que a indicação não representa a posição da juventude peemedebista.

Zigue Zague

A Prefeitura de Cajazeiras prepara para o dia 4 de fevereiro uma grande mobilização de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas