Detidos por matar agiota em assalto eram adolescentes chefiados por albergado

0
COMPARTILHE

Um trio formado por dois adolescentes de 17 anos e um albergado, que cumpre pena por roubo, foi detido nesta terça-feira (5), durante uma operação da Polícia Civil em Campina Grande, denominada ‘Rapinagem’. Eles são suspeitos de matar um agiota em dezembro de 2015, no bairro Catingueira, durante um roubo à vítima.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Segundo o delegado Danilo Orengo, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, a polícia conseguiu deter o trio depois de uma investigação da especializada, com base em depoimentos de testemunhas e levantamentos de dados.

“Ouvimos muitas pessoas e conseguimos localizar um dos adolescentes que foi baleado pela vítima durante a execução do roubo. Ele foi atingido no braço e levado para o Trauma-CG. Solicitamos a busca e apreensão dele e conseguimos localizá-lo. Fotos nos Facebooks dos suspeitos ajudaram a identificação, inclusive postaram fotos com as roupas utilizadas no dia do crime”, disse o delegado.

As investigações apontaram que os adolescentes – que integram uma facção criminosa da Catingueira – foram os executores do crime e o albergado o mandante. “Os menores invadiram à casa da vítima para subtrair valores tendo em vista que ela era agiota. Como houve uma reação, os adolescentes mataram o homem, mas fugiram sem levar nenhum valor da casa”, concluiu Danilo Orengo.

Armas e munições foram apreendidas com os suspeitos. Os adolescentes serão levados ainda nesta terça para o Lar do Garoto, em Lagoa Seca, o albergado voltará ao regime fechado no Presídio Serrotão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas