Dividir moradia é opção para equilibrar despesas na crise econômica; confira vídeo

6
0
COMPARTILHE

Quando o assunto é finanças, temos passado por alguns momentos de ajustes. Isso também pode ser sentido no quesito moradia. Quem antes morava sozinho tem optado por dividir a habitação com alguém. Esse é o caso da estudante Miria Ruth Alves, que há nove anos deixou de morar com os pais. Confira abaixo reportagem da TV Correio HD.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Quando a economia brasileira passou a desandar, a estudante sentiu as despesas subindo muito. Foi aí que ela teve que tomar a difícil decisão de dividir o apartamento com alguém. “Afetou um pouco o aumento de internet, luz, aluguel, enfim, tudo ficou um pouco mais complicado”, contou Miria.

O também estudante Marcus Vinicius Farias, que também se encontrava em dificuldade semelhante, passou, então, a morar com Miria. “Está dando muito certo. Tanto a minha questão financeira melhorou, quanto a dela”, disse Marcus.

Em João Pessoa, muita gente tem se visto forçado a voltar a morar com os pais ou dividir o local onde reside com alguém. Reflexo disso é o alto número de anúncios para aluguel expostos na cidade.

Paradoxalmente à má situação econômica no país, a quantidade de imóveis para alugar também é retrato de um bom momento pelo qual passa a construção civil, no qual muitos proprietários adquirem casas e apartamentos com a intenção principal de disponibilizá-los para locação, conforme explicou o gerente de imobiliária Pablo Mendes.

“A oferta está boa e os clientes estão bem rigorosos com relação à escolha”, disse Mendes.

Como sempre que a oferta é grande no mercado, os preços tendem a ficar mais atrativos. Os inquilinos acabam ganhando com essa realidade. O gerente revelou que clientes e proprietários vêm negociando bastante, podendo existir descontos entre 10% e 30% nos preços dos aluguéis.

Confira reportagem da TV Correio HD:

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas