Doações de ossos e tendões crescem 31% no Instituto de Traumatologia

3
0
COMPARTILHE

O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), sediado no Rio de Janeiro, informou nesta segunda-feira (19) que alcançou neste ano um recorde de captações de ossos, tendões e articulações para transplantes. Segundo o Into, órgão de referência em ortopedia vinculado ao Ministério da Saúde, de janeiro a outubro deste ano foram captadas doações de 38 pessoas.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O número de doadores é 31% superior ao registrado no mesmo período no ano passado (29). Com essas doações, é possível beneficiar até 1.520 pessoas, já que cada doador tem o potencial de atender a até 40 pacientes.

As captações de córneas, que também são realizadas pelo Into, cresceram 67%, chegando a 193 de janeiro a outubro deste ano, em comparação com 115 do mesmo período de 2015.

De acordo com o Into, o crescimento é resultado de um esforço de orientação dos profissionais de saúde sobre a importância da doação de ossos e tecidos.

No ano que vem, o Into deve inaugurar um banco de peles para coletar esse tecido e transplantá-lo em outros pacientes. Os principais alvos desse tipo de doação são os pacientes que sofreram queimaduras em grande parte do corpo.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas