Efraim Filho critica investigadores da PF e sai em defesa de Temer

106
0
COMPARTILHE

O deputado federal e líder do Democratas na Câmara Federal, Efraim Filho, disse nesta segunda-feira (25) que o cenário político nacional é bastante delicado, que as denúncias contra o presidente Michel Temer (PMDB) são graves, que é preciso ter transparência nas investigações e respostas rápidas para não travar o país mais uma vez.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Ele criticou a atuação dos investigadores federais e saiu em defesa do presidente. “A sociedade brasileira cobra esclarecimentos por parte dos investigadores sobre a benevolência com que foram tratados os delatores: irmãos Batista. Porque eles tiverem essa oportunidade de sair livre, morar no exterior, continuar à frente de suas empresas pagando multa irrisória sem sequer usar tornozeleira (eletrônica), quando, inclusive, ficaram ricos e ganharam dinheiro com a crise?”, questionou Efraim Filho.

O parlamentar saiu em defesa do presidente Michel. “É todo um cenário de contestação que existe tanto no que diz respeito às conversas do presidente, quanto forma que os delatores foram tratados que deixa esse cenário bastante nebuloso.
Tudo indica que o julgamento no STF será um divisor de águas para que todos possam ter as informações completas e poderem se pronunciar”, comentou o democrata.

Segundo ele, a orientação de Michel Temer no encontro que teve com algumas lideranças políticas, neste domingo (24), no Palácio da Alvorada foi de que os presidentes do Senado e da Câmara não deixem a agenda econômica e política pararem.

“O clima foi para não deixar o Brasil paralisar, porque o país é maior do que nomes, é maior do que as pessoas. Nós temos que ter essa consciência, essa responsabilidade. O momento é de gerar estabilidade. Não adianta precipitações que geram instabilidade”, finalizou Efraim Filho.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas