Emendas atrasaram análise da LOA na CMJP

10
0
COMPARTILHE

O relator da Lei Orçamentária Anual na Comissão de Orçamento da Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD), afirmou que o atraso para que o relatório final da peça orçamentária ficasse pronto se deu pela não entrega de emendas elaboradas pelos parlamentares para anexar a proposta.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Foram entregues um total de 108 emendas, das quais 10 foram encaminhadas pelas comissões permanentes e as demais elaboradas pelos parlamentares. A peça estima em R$ 2.578.838.120 a receita total do município de João Pessoa para o próximo ano. Segundo mensagem do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) ao presidente Durval Ferreira (PP), o valor representa um aumento de 1,12% em relação ao orçamento previsto para 2016, ou seja, cerca de R$ 28,5 milhões.

Os vereadores planejam dar início a um esforço concentrado nesta semana para limpar a pauta votando as matérias que estão pendentes na Casa. Antes da sessão ordinária da terça-feira (20), a Comissão de Constituição e Justiça deve se reunir para limpar a pauta, que também tem projetos com atrasos. A expectativa é que os parlamentares compareçam ao expediente para não prejudicar o processo.

Entre os projetos que devem ser apreciados estão as duas propostas encaminhadas pelo prefeito da Capital que proíbem a nomeação de parentes de secretários e disciplinam a contratação de prestadores de serviços. O gestor alegou que as matérias vão ajudar a gestão municipal a estabelecer controle mais rigoroso sobre a contratação de pessoal, permitindo a manutenção do equilíbrio fiscal exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Confira outras notícias na edição deste domingo (18) do Jornal Correio da Paraíba.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas