Emplacamento de ‘cinquentinhas’ fica mais caro ap?s fim de prazo, na Para?ba

0
COMPARTILHE

Os proprietários de ‘cinquentinhas’ que não emplacaram os veículos até o dia 30 de dezembro ainda devem procurar regularizar o transporte. As taxas cobradas pelo registro das motocicletas, porém, serão mais altas. Mais de 30 mil estão irregulares e não podem circular no estado.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Conforme o diretor da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) em Campina Grande, Rossandro Agra, a regularização será feita de forma habitual, com agendamento e sem filas, diferente de como ocorreu no período de escalonamento. A declaração foi feita em entrevista à rádio Correio 98 FM.

Ainda de acordo com Rossandro Agra, o valor a ser desembolsado para liberação do emplacamento será mais alto. “A partir de hoje será cobrado o valor integral do Seguro DPVat. Junto com as taxas do Estado, o emplacamento de cinquentinhas deverá custar entre R$ 234 e R$ 250. Uma notícia boa é que até o dia 29 de fevereiro não vamos cobrar multas ou taxas extras por licenciamento atrasado”, disse.

O diretor da Ciretran disse que o número de veículos irregulares que circulam em Campina Grande ainda não foi contabilizado, mas informou que fiscalizações devem começar em breve. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas