Empresário preso suspeito de explodir bancos no NE usava empresa de fachada

93
COMPARTILHE

O empresário Erivaldo Nascimento dos Santos, de 39 anos, preso em uma operação da Policia Civil na madrugada desta quinta-feira (23), suspeito de explosões em bancos na Paraíba e em estados vizinhos, reconhecido como o dono de um dos maiores arsenais já apreendidos em território paraibano, possuía, segundo a polícia, uma empresa fictícia, distribuidora de gás de cozinha, que estava registrada em nome da mulher dele.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o delegado Cristiano Santana, Erivaldo foi preso em um condomínio fechado, na cidade de Bananeiras, no Brejo da Paraíba a 141 km de João Pessoa. Durante a abordagem, tentou fugir. No momento da ação, o suspeito portava uma identidade falsa. Ele possui mandados de prisão em aberto na Paraíba e em Pernambuco. No mês de novembro de 2016, foram apreendidos seis fuzis e diversos materiais utilizados em explosões bancárias dentro de um carro importado que estava em nome do suspeito.

A prisão ocorreu após uma denúncia anônima que informava que Erivaldo estaria escondido em Bananeiras e que utilizava um carro popular para deslocamento. Conforme revelou a polícia, além de ser chefe do esquema criminoso, o suspeito participava das explosões de caixas eletrônicos.

Cristiano Santana disse que não há dúvida de que, com a prisão do empresário, tenha havido um enfraquecimento do grupo criminoso que provavelmente planejava novos ataques a bancos na Paraíba.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas