Seleção Sub-17 goleia e é campeã do Sul-Americano

Em toda competição, seleção canarinho disputou nove jogos, ganhou sete deles e teve dois empates

Futebol | Em 20/03/17 às 09h38, atualizado em 20/03/17 às 09h42 | Por Redação
Gregório Fernandes/CBF
Seleção brasileira superou os chilenos

O Brasil é campeão do Sul-Americano Sub-17 do Chile. A garotada mostrou o mesmo futebol envolvente que vinha apresentando desde o início da competição na noite desse domingo (19) e, com goleada de 5 a 0 para cima do donos da casa, garantiu o título de forma invicta na quinta e última rodada do Hexagonal Final. Paulinho, Alanzinho (3) e Lincoln marcaram os gols no Estádio El Teniente de Rancagua.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

A Seleção Canarinho disputou nove jogos, ganhou sete deles e teve dois empates. Este foi o 12º título da competição conquistado pelo Brasil. Além do troféu, a boa campanha garantiu, com antecedência, a vaga no Mundial Sub-17 da Índia, que será disputado no próximo mês de outubro.

O jogo

A Seleção Brasileira entrou em campo precisando apenas de um empate para conquistar o título do Sul-Americano Sub-17. A garotada da Canarinho, no entanto, não quis saber da vantagem e partiu para cima do Chile desde o início da partida. Logo aos nove minutos, na primeira subida ao ataque, Paulinho já abriu o placar. Após jogada em velocidade no meio, Lincoln deu ótimo passe para o camisa 7, que deu um belo toque por cima do goleiro Concino para balançar a rede. E o Brasil queria mais. Aos 27, o autor do primeiro gol escorou para o meio da área e Lucas Halter acertou o travessão de cabeça. Já no fim do primeiro tempo, com 43 minutos de bola rolando, Alanzinho cobrou falta da entrada da área e marcou o segundo. A bola ainda bateu nas costas do arqueiro chileno antes de entrar.

Na etapa final, o Brasil continuou com a postura ofensiva. Aos sete minutos, Vinícius Júnior fez boa jogada individual, bateu de trivela buscando o ângulo e obrigou Concino a fazer grande defesa. Onze minutos mais tarde, Alanzinho cobrou falta da esquerda, a bola quicou na frente do arqueiro de chileno e acabou morrendo no fundo da rede: terceiro da Canarinho. Com a ótima vantagem, a Seleção Brasileira passou a trocar mais passes, mas se manteve no ataque. Aos 35, Weverson partiu em velocidade pela esquerda e cruzou na medida para Lincoln, que vinha entrado na área, bater de primeira e marcar o quarto. A garotada estava impossível e queria mais. Dois minutos depois, Ricardinho tabelou no meio-campo e serviu Alanzinho. O meia marcou o terceiro dele, quinto do Brasil, e deu números finais ao duelo. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Atenção

Fechar