Morre Haroldo Navarro, ex-presidente do Auto Esporte

Ele estava com 79 anos e morreu na manhã deste domingo por complicações após uma cirurgia. Velório e enterro serão em JP

Futebol | Em 16/07/17 às 10h58, atualizado em 17/07/17 às 07h58 | Por Rammom Monte
Rafael Passos
CT do Mangabeirão / Auto Esporte

Morreu na manhã deste domingo (16) o ex-presidente do Auto Esporte, Haroldo Navarro por complicações após uma cirurgia no intestino. De acordo com o jornalista e amigo de Haroldo, Stefano Wanderley, o ex-mandatário do Macaco Autino se internou na última sexta-feira (14) após se sentir mal. Haroldo foi presidente do clube por três mandatos e tinha 79 anos. Comente no fim da matéria.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Além de presidente do Auto, Haroldo era sócio benemérito do clube e chegou também a receber o título de sócio benemérito do futebol paraibano. Haroldo também foi gerente operacional do Estádio Almeidão por vários anos e atualmente estava cuidando da parte administrativa do Estádio da Graça, em Cruz das Armas.

O velório acontece a partir das 12h30 no Cemitério Parque das Acácias. Sepultamento também ocorrerá no mesmo lugar.

Stefano descreveu Haroldo como uma pessoa “que dedicou sua vida ao Auto Esporte”. “Ele respirava o Auto Esporte”, falou.

Futebol lamenta sua perda

O ex-presidente do Auto Esporte, Manoel Demócrito, lamentou a morte de Haroldo e reconheceu a sua importância para o clube. Ele afirmou que ainda não estava sabendo do ocorrido e que irá comparecer ao velório.

O Botafogo-PB publicou uma nota de pesar em uma rede social. Na nota, o clube comunicou a morte de Haroldo, que é irmão de Heriberto Navarro, conselheiro do Belo. “Nesse momento de dor, todos da família Botafogo Futebol Clube unimos forças à família de Haroldo para superarmos esta perda”, dizia a nota.

O atual presidente do Auto Esporte, Watteau Rodrigues, lamentou muito a morte de Haroldo e afirmou que todos que fazem parte do clube estão de luto. Segundo ele, a história do Macaco Autino se confunde com a de Haroldo Navarro. Ele ainda desejou os pêsames aos familiares e afirmou que foi pego de surpresa com a notícia.

"As homenagens virão com o tempo, com certeza. É justo e é também dever nosso prestar esta homenagem. E será da melhor maneira, como ele merece", finalizou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Atenção

Fechar